patrocínio »



Publicis e Dentsu encerram parceria estratégica de 10 anos

Franceses recompram boa parte das ações que japoneses detinham e encerram Aliança Estratégica. Dentsu tem agora apenas 2,12% de participação

Felipe-Turlao| »

17 de Fevereiro de 2012 11:09

Maurice Lévy (foto) e Tadashi Ishii, CEOs de Publicis e Dentsu, demonstraram intenções de continuar "relações amigáveis"
+

Maurice Lévy (foto) e Tadashi Ishii, CEOs de Publicis e Dentsu, demonstraram intenções de continuar "relações amigáveis" Crédito: Divulgação

A aliança estratégica que unia dois dos maiores grupos da publicidade mundial, Publicis e Dentsu, está encerrada. O Publicis Groupe anunciou na manhã desta sexta-feira, 17, a recompra de 18 milhões de suas ações que estavam com a Dentsu ao preço de 644,4 milhões de Euros. 

O reflexo imediato do acordo é a queda na participação da Dentsu, que dos 15% adquiridos em 2002, passa a ter apenas 2,12% das ações. Em 2010, o grupo francês já havia recomprado 3,8% das ações e agora faz um aporte maior para reduzir a participação japonesa.

Além disso, a recompra encerra o acordo acionário estabelecido em 2002, quando se estabeleceu a Aliança Estratégica entre Publicis e Dentsu. As agências deixam de ser parcerias estratégicas no mercado. Uma terceira consequência é a saída de dois homens da Dentsu do Board do Publicis.

Apesar do fim da parceria, o Publicis afirma em comunicado que “as relações amigáveis e colaboração entre os dois grupos continuam”. Além de seguir com parte das ações do Publicis, a Dentsu manterá duas joint-ventures: a Beacon Communications e a Dentsu Razorfish.

“A parceria com a Dentsu nos últimos 10 anos foi amigável e exemplar”, afirmou em comunicado Maurice Lévy, CEO do Publicis. O CEO da Dentsu, Tadashi Ishii, também agradeceu pela parceria e desejou continuar a relação amigável com os franceses.

Impacto financeiro
Com o fim da parceria estratégica, os dois lados esperam ganhos financeiros. Das 18 milhões de ações recompradas, o Publicis cancelou imediatamente cerca de 11 milhões. As sete milhões de ações que sobram da transação serão usadas para prêmios e aquisições. As medidas fazem parte de um programa de recompra que representará um desconto de 13,35% das ações que o Publicis detinha no fechamento do mercado na quinta-feira, 16. Ou seja: quem tinha 1% de ações, passa a ter uma proporção um pouco maior.

Segundo o grupo, a medida terá um efeito positivo nos ganhos dos investidores por ação, que chegará a 6% em 2012. Para a Dentsu, o impacto financeiro da recompra trará “lucro extraordinário” de 2 bilhões de yenes no ano fiscal que se encerra ao final de março de 2012.

tags

»
comments powered by Disqus