“Rio, Eu Te Amo” engaja público e marcas

Buscar

Marketing

Publicidade

“Rio, Eu Te Amo” engaja público e marcas

Produção estreia nesta quinta-feira, 11, com envolvimento de marcas que vão além do product placement

Teresa Levin
11 de setembro de 2014 - 16h26

Um filme dirigido por alguns dos mais consagrados nomes do cinema atual já seria por si só motivo de curiosidade, mas o movimento que se formou em torno do longa-metragem “Rio, Eu Te Amo” colocou a produção em um novo patamar. Com estreia nesta quinta-feira 11, a obra (que tem produção da Conspiração Filmes, Empyrean Pictures e BossaNovaFilms e é parte da franquia Cities of Love) foi a inspiração para algo que se tornou ainda maior do que ela. Com mais de 1,3 milhões de fãs no Facebook e uma grande lista de iniciativas bem sucedidas, o movimento que se antecipou ao lançamento fez com que o longa chegue aos cinemas em meio ao engajamento e interação de pessoas que foram conquistadas pela iniciativa.

“Como é um filme sobre a cidade, pensamos: por que não fazer um projeto maior? Uma coisa que não dure apenas o lançamento do filme, que dure mais tempo? Fizemos o movimento que está de pé há um ano e meio, com oito pessoas trabalhando full time para ele, produzindo conteúdo, algo inovador que nunca foi feito”, comenta Pedro Buarque de Hollanda, da Conspiração. O Boticário é o patrocinador máster do projeto, que conta ainda com Nextel, Santander, Unilever, Brasil Kirin e Fiat.

No formato em que foi implementado, estes anunciantes tiveram dois anos de conversa de forma integrada com os cariocas nas redes sociais e nas ruas – conteúdo online, ações offline e licenciamento da marca para produtos. “Fugimos da entrega tradicional dos patrocínios de filme, com product placement e exposição de marca no material promocional, e criamos algo novo e potente”, informa Hollanda. Com isso, “Rio, Eu Te Amo” chega aos cinemas com mais de 1,3 milhões de fãs no Facebook, mais de quatro milhões de curtidas nas publicações da página, mais de 1,5 milhão de compartilhamentos, mais de 152 mil fotos com a hashtag #rioeuteamo no Instagram, e aproximadamente 300 mil visualizações no YouTube.

Ações

Os patrocinadores tiveram a possibilidade de ativar suas marcas nas mais diversas iniciativas sendo que a de maior destaque foi a criação de uma linha de perfumes do Boticário com fragrâncias inspiradas no “Rio, Eu Te Amo”. “As pessoas compraram a ideia e se integraram ao movimento de maneira orgânica. O Boticário, que é o patrocinador máster, fez até produto, o que é uma inovação muito grande para um projeto de conteúdo no Brasil. É um projeto único pela estrutura de engajamento anterior das marcas e espectadores, através de um movimento de ações específicas, que fez dele algo inédito”, avalia.

Além da linha de perfumes, várias iniciativas tomaram a capital carioca ao longo dos últimos dois anos. Entre elas, tem destaque uma declaração de amor de O Boticário para a cidade, com a instalação de um jardim com cinco mil flores em pleno Parque dos Patins, na Lagoa Rodrigo de Freitas, em novembro de 2012. De todos os tipos e cores, elas foram distribuídas aos que passeavam no ponto turístico naquele dia de sol. O movimento incluiu ainda a apresentação da Orquestra Sinfônica Ambulante no Complexo do Alemão, um show flutuante para o público da mureta da Urca, um flashmob na estação Siqueira Campos do metrô, o lançamento de uma lata temática pela Devassa, e ainda um concurso de fotos do Santander e o oferecimento de wi-fi grátis pela Fiat durante o verão carioca.

wrapswraps

“Certamente é uma maneira nova e as marcas estão muito felizes de participar. Todos discutem como estar nas mídias sociais e como utilizá-las e montamos um projeto vencedor, com engajamento muito grande das pessoas que compartilhavam, davam ideias, criamos uma interação enorme”, observa. Ainda não há uma definição ao certo de como o movimento continuará após o lançamento do filme, mas a ideia é ter novas iniciativas mais a frente. “Agora estamos focados no filme, que vai até o fim do ano, tem uma inércia natural do movimento, mas estudamos como será uma segunda rodada. Temos muitos fãs e a partir do fim do ano vamos discutir como perpetuar isso”, destaca Hollanda.

Cities of Love

Com dez histórias dirigidas por dez diferentes diretores de vários países, “Rio, Eu Te Amo” dá continuidade à franquia Cities of Love, que já lançou os longas-metragens “Paris, Eu Te Amo” e “Nova York, Eu Te Amo”. O projeto envolveu uma verba de US$ 10 milhões. “Tem um padrão rigoroso que precisa ser seguido, o que torna impossível, logisticamente, custar menos do que isso. Exclusivamente, por meio das leis de incentivo fiscal brasileiras, cujo teto de arrecadação é de R$ 7 milhões, não conseguiríamos chegar a esse número”, diz Hollanda. A participação de patrocinadores foi fundamental para colocar o projeto de pé.

Com isso, chega aos cinemas o filme que reúne “histórias de amores passageiros, eternos, em crise, amargos ou repletos de ternura”, explica o material de divulgação. Ele conta com a participação de 24 estrelas nacionais e internacionais, entre elas, Fernanda Montenegro, Rodrigo Santoro, Wagner Moura, Vincent Cassel, Cláudia Abreu, Emily Mortimer, Marcelo Serrado, Harvey Keitel e Vanessa Paradis. Entre seus diretores estão Fernando Meirelles, Carlos Saldanha, Vicente Amorim, Andrucha Waddington, John Torturro, Guillermo Arriaga e José Padilha.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”