Pesquisa do iFood revela hábitos de consumo no delivery

Buscar

Marketing

Publicidade

Pesquisa do iFood revela hábitos de consumo no delivery

Levantamento foi realizado com 1800 pessoas em diferentes cidades do País


1 de julho de 2016 - 14h57

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Os aplicativos de delivery estão em ascensão entre os consumidores brasileiros. Pensando nisso, o iFood, plataforma de delivery online, realizou uma pesquisa junto ao IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) para identificar o perfil e os hábitos do consumidor dos serviços de delivery no Brasil. O levantamento foi feito com mais de 1.800 pessoas de diversas cidades.

A pesquisa revela que 56% dos entrevistados consome comida de delivery semanalmente. Destes, 14% realizam pedidos mais de duas vezes e 18% pedem em média duas vezes na semana. Os horários de maior pedido são o jantar no final de semana, que compõe 67% dos pedidos, seguido de jantar durante a semana e o almoço aos sábados e domingos.

A maior parte dos solicitantes do serviço são homens (54%), e a classe B é a que mais consome comida via delivery (69%). A região sudeste é a que mais usa este tipo de serviço, seguida do Nordeste, Centro Oeste/Norte e Sul.

Ainda, consumidores que moram sozinhos representam apenas 8% dos solicitantes, ficando atrás dos que possuem a companhia de cônjuge e filhos (41%), daqueles que moram com amigos ou outros parentes (29%) e dos clientes que moram somente com algum companheiro (19%) .

Os pedidos feitos por aplicativos para smarthphones já representam 38% do total, revelando um aumento do uso da tecnologia pelos usuários. Dentre os motivos para a realização de pedidos via digital, está a facilidade em fazer o pedido (64%), o acesso ágil ao cardápio(55%) e não precisar falar com o atendente (51%). Ainda assim, os pedidos feitos telefone representam 62% do total.

“Nós vivemos em uma sociedade que começa a ter gerações nativas da tecnologia, então a visão de interação entre consumidores e empresas são diferentes, desde os e-commerces, até aonde você compra sua comida. A tendência é que isso evolua e que os modelos tradicionais deixem de estar no topo”, avalia Felipe Fioravante, CEO do iFood. 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • iFood

  • e-commerce

  • pesquisa

  • delivery

  • público

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”