>>>>LINK >>> >>>ID >>

Brahma expande Circuito Sertanejo pelo País

Buscar

Marketing

Publicidade

Brahma expande Circuito Sertanejo pelo País

Em segunda edição, projeto da marca da Ambev passará por Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, e espera atingir um público de 6 milhões de pessoas

Thaís Monteiro
9 de março de 2018 - 15h46

Na sexta-feira, 16, no Sertanejo In Rio Festival, a Brahma dá início a segunda edição do Circuito Brahma Sertanejo, um projeto lançado no ano passado que visa levar a marca para mais próximo do público consumidor do gênero que a marca apoia há 40 anos, de acordo com a Ambev. Em 2017, o circuito fez passagens por São Paulo e Minas Gerais, onde a marca se fez presente nos principais eventos como cerveja oficial ou apoiadora. Já para 2018, o investimento deu um salto. A Brahma apoiará 150 eventos em 80 praças de sete estados com o objetivo de atingir 6 milhões de pessoas e formar um vínculo cada vez maior com a cultura regional.

 

A marca vai participar de shows, rodeios e exposições agropecuárias (crédito: divulgação)

“Nossas ações eram muito pontuais e não havia uma unidade, por isso fizemos o primeiro Circuito Brahma Sertanejo no ano passado e começamos a tratar as ativações como uma linha do tempo, com eventos grandes e pequenos e em cidades de todos os tipos e tamanhos, onde a relevância regional do sertanejo é grande”, conta Felipe Balota, gerente nacional de eventos, da Ambev. Brahma apoiará shows, rodeios e feiras agropecuárias, entre eles: Festa do Peão de Barretos, Villa Mix Festival, Festival Brasil Sertanejo e Pedro Leopoldo Rodeio Show. Criado junto com a Diverti Eventos, circuito terá fim em novembro.

A marca vai passar por São Paulo, Jaguariúna, Barretos, Americana, Ribeirão Preto, Araçatuba, Rio Preto, Piracicaba, Limeira, entre outras cidades paulistas; São José, em Santa Catarina; Belo Horizonte, Pedro Leopoldo, Divinópolis, Juiz de Fora, Guaxupé, Sete Lagoas e outras 15 cidades, em Minas Gerais; Rio de Janeiro, Niterói e Petrópolis, Macaé e mais sete, no Rio de Janeiro; Londrina, Maringá e Colorado, no Paraná; Campo Grande e Dourados, no Mato Grosso do Sul; e Caldas Novas, Rio Verde, Anápolis e Luziânia, em Goiás.

“O sertanejo é o gênero mais ouvido hoje no Brasil e é forte, vem crescendo cada vez mais”, Felipe Balota, gerente nacional de eventos, da Ambev

Como novidade, a Brahma levará uma cervejaria itinerante com três ou quatro dias de antecedência para dez cidades (Rio de Janeiro, Londrina, Ribeirão Preto, Dourados, Divinópolis, Americana, Araçatuba, Rio Verde, Barretos e Jaguariúna) para prolongar a festa. A Carreta Brahma será composta por dois caminhões que trarão aulas de cerveja, experiências gastronômicas e o portfólio completo da marca para degustação do público, além de um museu com a história da marca e shows com artistas no próprio caminhão.

“Partimos do princípio de sempre explorar as principais paixões do brasileiro, que são: futebol, gastronomia e sertanejo. O sertanejo é o gênero mais ouvido hoje no Brasil e é forte, vem crescendo cada vez mais. Além disso, ele tem uma valorização perene ao longo do ano, não é como o samba que é mais forte no Carnaval”, diz Balota.

 

Cervejaria itinerante traz a história da marca em um museu móvel (Crédito: Divulgação)

Além da carreta, durante a Copa do Mundo na Rússia, a Ambev vai promover eventos especiais nas datas dos jogos. A marca também é patrocinadora da seleção brasileira. “Vamos aproveitar para que ambos os segmentos ganhem uns com os outros”.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Ambev

  • apoio

  • Brahma

  • cerveja

  • Diverti Eventos

  • música

  • patrocínio

  • sertanejo

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”