Cade aprova venda de RBS em Santa Catarina

Buscar

Mídia

Publicidade

Cade aprova venda de RBS em Santa Catarina

Entidade ainda analisa mudança de acionistas, após saída do empresário Lirio Albino Parisotto da negociação


24 de agosto de 2016 - 18h34

Na semana passada, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) permitiu que o Grupo RBS siga adiante com a venda de suas operações em Santa Catarina, anunciada oficialmente em março. O fechamento do acordo ocorreu na terça, 16, envolvendo somente o Grupo NC, do empresário Carlos Sanchez — a família Parisotto não faz mais parte do negócio.

A operação envolve o controle acionário dos veículos Diário Catarinense, Jornal de Santa Catarina, A Notícia, Hora de SC, ClicRBS SC e TVCOM. Segundo comunicado, a mudança societária ainda será analisada pelo Cade e Ministério das Comunicações.

O médico e empresário Lirio Albino Parisotto, proprietário da Videolar, frequentou o noticiário em julho após ser acusado de agressão pela ex-namorada, a Luiza Brunet. A atriz abriu um processo contra ele e deu depoimentos à imprensa, especialmente ao jornal O Globo e ao Fantástico.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Carlos Sanchez

  • Lirio Albino Parisotto

  • Luiza Brunet

  • A Notícia

  • Diário Catarinense

  • Grupo NC

  • Grupo RBS

  • Hora de SC

  • Jornal de Santa Catarina

  • Videolar

  • ClicRBS

  • Fantástico

  • O Globo

  • TVCom

  • comunicacao

  • mercado

  • midia

  • Santa Catarina

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”