Morre Ricardo Boechat, âncora da Band

Buscar

Mídia

Publicidade

Morre Ricardo Boechat, âncora da Band

Jornalista e piloto de helicóptero faleceram em queda da aeronave sobre o Rodoanel, em São Paulo


11 de fevereiro de 2019 - 13h58

Morreu nesta segunda-feira, 11, Ricardo Boechat, num acidente de helicóptero em São Paulo. Além do jornalista, o piloto da aeronave também faleceu.

 

O helicóptero caiu sobre um caminhão no Rodoanel, em trecho próximo à rodovia Anhanguera. O jornalista se deslocava entre São Paulo, onde reside, e Campinas no momento do acidente, em evento não relacionado com o jornalismo do Grupo Bandeirantes. A previsão era retornar à sede da empresa, onde trabalha, no início da tarde. Ainda não foi divulgado o motivo da queda do helicóptero, mas segundo uma testemunha, o helicóptero teria tentado fazer um pouso de emergência quando se chocou com o caminhão, cujo motorista foi socorrido com ferimentos leves.

Em comunicado no Twitter, o perfil da rádio em que trabalhava postou: “É com profunda tristeza e consternação que nós, da Rádio BandNews FM, comunicamos a morte do nosso amigo e âncora de todas as manhãs, Ricardo Boechat”. Além do radiojornal matinal, o jornalista de 66 anos era âncora do Jornal da Band. Deixa mulher, cinco filhas e um filho.

No final da tarde desta segunda-feira, 11, a Band enviou uma nota oficial de pesar a respeito da perda do jornalista. Veja na íntegra:

“É com profunda consternação que o Grupo Bandeirantes de Comunicação lamenta o súbito falecimento do jornalista Ricardo Boechat, hoje em São Paulo.

Além de um profissional muitíssimo conceituado, premiado e admirado, o Brasil perde um  grande homem, pai de seis filhos, avô e amado esposo.

A toda sua família, e à família do piloto Ronaldo Quatrucci, transmitimos mais uma vez nossos sentimentos.

Estamos todos, funcionários e colaboradores, muito tristes e abalados com esta trágica notícia.

Agradecemos as inúmeras mensagens de carinho, tanto dos telespectadores e ouvintes quanto de emissoras e veículos da imprensa nacional e internacional.

“O jornalismo e o Brasil perderam hoje uma referência insubstituível. E nós, do Grupo Band, perdemos um amigo e profissional que jamais esqueceremos”, lamenta João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação.”

*Esta nota foi atualizada às 18h03. Em versões anteriores, noticiamos erroneamente que o motorista havia falecido, assim como um suposto copiloto, cuja presença não foi confirmada

* crédito da imagem no topo: Vijay kumar/Istock

 

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • band

  • Grupo Bandeirantes

  • Ricardo Boechat

  • BandNews FM

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”