Google deve lançar um adblocker para o Chrome

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Google deve lançar um adblocker para o Chrome

De acordo com o Wall Street Journal, a ferramenta deve ser acionada para filtrar anúncios que atrapalham a experiência do usuário


20 de abril de 2017 - 15h56

adblockO Google está planejando lançar um adblocker na versão mobile do navegador Chrome, de acordo com o jornal Wall Street Journal. A ferramenta deve ser acionada para filtrar alguns tipos de anúncios que atrapalham a experiência do usuário enquanto ele navega. O anúncio da novidade estaria previsto para daqui a algumas semanas, mas, de acordo com as fontes do jornal, o lançamento ainda dependeria de alguns ajustes.

Os anúncios bloqueados estariam dentro das categorias consideradas inaceitáveis pela Coalition for Better Ads (coalizão por melhores anúncios, em tradução livre), um grupo da indústria publicitária americana que lançou em março uma lista de padrões para anúncios. De acordo com estes padrões, formatos como pop-ups, anúncios que aparecem no modelo autoplay e que tem um tempo mínimo até serem pulados estão “abaixo do que o consumidor pode achar aceitável”.

 

O Google não comentou a iniciativa, mas a suposta novidade já é considerada contra-intuitiva, já que a empresa depende das receitas publicitárias.  Ainda, o movimento pode ser uma forma de barrar as ferramentas de adblocking de terceiros. O uso crescente destes recursos é uma preocupação para o Google, que no ano passado gerou mais de U$60 bilhões com anúncios.

 

 

 

 

 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”