Pensou que era só uma marquinha, né?

Buscar
Publicidade

Ponto de vista

Pensou que era só uma marquinha, né?


15 de abril de 2011 - 10h54

Há 18 anos, quando trouxemos o conceito de Branding para o Brasil, a compreensão do assunto não era tão clara. Hoje entende-se um pouco melhor, mas ainda esbarramos em alguns equívocos. “O que é Branding? É fazer logomarca? Redesenhar marcas? É o substituto da publicidade? Ou é design?”. Parece mentira, mas perguntas assim ainda acontecem.

Culpa nossa, que não falamos claramente sobre o tema. Então resolvemos pensar como o Skype. Sabe o que ele diz em seu guia oficial de Marca? Que tudo o que é comunicado em nome dele deve ser entendido por todos. Todos mesmo. “Pergunte a sua mãe se está claro. Se não estiver, refaça”. Essa é a diretriz-chave que o programa de ligações e mensagens instantâneas mais friendly do planeta recomenda para quem trabalha com a sua Marca. Seja na estratégia de negócios. Seja na estratégia de comunicação.

É isso que falta. Com certeza precisamos ser mais claros – e vamos usar este espaço, toda semana, para isso. O primeiro passo é entender que Branding nasceu para fazer com que a Marca cumpra seu papel no negócio da empresa. Para isso se constrói, antes de mais nada, uma plataforma da Marca, que é composta de essência, atributos racionais, atributos emocionais, missão, visão, valores, atitudes, posicionamento e propósito. Tudo isso em uma jornada profunda e desenvolvida em conjunto com os principais executivos das empresas e suas diversas expectativas – o que demanda tempo, investimento e comprometimento.

E só depois vem a logomarca em si. Porque ela não é e nunca poderá ser um acerto aleatório de estética. Marca é estratégia. É puro negócio e precisa, invariavelmente, refletir a essência e o propósito de uma empresa. Caso contrário, ela vira só uma marquinha. E aí, não há como negar: design vira commodity.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Beel Films expande atuação com filial nos Estados Unidos

    Beel Films expande atuação com filial nos Estados Unidos

    Produtora especializada em entregas de digital acaba de abrir escritório em Miami, onde deve centralizar atendimento de multinacionais

  • Após 12 anos, Grupo Amil retoma agência in-house

    Após 12 anos, Grupo Amil retoma agência in-house

    Grupo de saúde reativa as atividades da Promarket, que foi responsável pela publicidade e comunicação do grupo de 1980 até 2012