Tim é, pela 2ª vez, a mais punida no Conar

Buscar

Tim é, pela 2ª vez, a mais punida no Conar

Buscar
Publicidade

Comunicação

Tim é, pela 2ª vez, a mais punida no Conar

Oi e Claro ocupam segundo e terceiro lugares, respectivamente, consolidando setor como o que mais gera processos no órgão


5 de fevereiro de 2013 - 8h35

Alexandre Zaghi Lemos e Eduardo Duarte Zanelato

A Tim foi a empresa que sofreu o maior número de punições no Conselho Nacional de Autorregulamentação (Conar) em 2012. Ela lidera o ranking de condenações por empresa referente a 2012, repetindo a mesma posição que já havia ocupado em 2011. Ambos os levantamentos foram feitos pela equipe de Meio & Mensagem, com base nas decisões divulgadas pelo Conar. No período, o órgão instaurou 357 processos e sustou 240 anúncios. Os dados superam a marca de 2011, quando foram registrados 325 casos e 215 sustações. O último exercício consolidou as empresas de telefonia como campeãs de acionamentos: sua atuação foi objeto de análise em 17,4% dos processos do Conar. 

Prova disso são as empresas que ocupam segundo e terceiro lugares no ranking. A Claro, vice-líder em punições em 2011, ficou em terceiro lugar no ano passado, atrás da Oi. A terceira colocada de 2011 havia sido a Vivo, que se comportou bem melhor em 2012, figurando em oitavo lugar no ranking de marcas mais condenadas (confira abaixo). 
wraps
Procurada, a TIM informou por meio de nota que a quantidade de punições no Conar decorre do grande volume de campanhas veiculadas pela marca e à alta competitividade do mercado brasileiro de telefonia móvel. A operadora declarou, ainda, que “tem a transparência no relacionamento com os consumidores como um de seus pilares estratégicos, servindo como base para criação de todas as suas campanhas” e que acata todas as recomendações do órgão de autorregulamentação.

A série de contestações tornou públicos alguns excessos — até curiosos — do setor. Num dos casos, uma rede de revendas da TIM se referiu à Vivo como “Morto”. Já a Vivo foi condenada por um viral criado pela Africa com desenhos que incitavam consumidores (inclusive crianças) a compartilhá-lo em tom agressivo. Uma das frases, “Ih, estou achando que você não tem nenhum amigo, hein?”, sofreu pedido de alteração do Conar.

As informações contidas nesta reportagem compõem a matéria “TIM reincidente”, publicada na edição impressa 1545 de Meio & Mensagem, com data de capa de 4 de fevereiro de 2013.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Mosaico Media expande negócios com operação no Rio

    Mosaico Media expande negócios com operação no Rio

    Escritório será o quinto no País da agência especializada em comercialização de espaços publicitários

  • Campanhas da Semana: mulheres e protagonistas

    Campanhas da Semana: mulheres e protagonistas

    Cadilac conta com Ingrid Silva como estrela de campanha global e Dove questiona estereótipo criado sobre o corpo da mulher