Publicis confirma saída de Hugo Rodrigues

Buscar

Comunicação

Publicidade

Publicis confirma saída de Hugo Rodrigues

Agência promove Eduardo Lorenzi e Miriam Shirley a co-presidentes; Rodrigues irá assumir o comando da WMcCann

Alexandre Zaghi Lemos
27 de outubro de 2017 - 10h58

Depois de 18 anos na Publicis, Hugo Rodrigues segue para o comando da WMcCann

A Publicis Brasil confirma oficialmente nesta sexta-feira, 27, a saída de Hugo Rodrigues, que estava há 18 anos na empresa, sendo os últimos três como CEO. A partir de agora, a agência passa a ter dois co-presidentes, com a promoção aos então vice-presidentes de mídia, Miriam Shirley, e de planejamento, Eduardo Lorenzi.

No dia 18, o site de Meio & Mensagem revelou que Hugo Rodrigues estava negociando sua transferência para o McCann Worldgroup, onde assumirá o comando da WMcCann. Nesta semana, a agência oficializou a saída do chairman Washington Olivetto, que, agora morando em Londres, se manterá como consultor do grupo. A opção da rede McCann por Hugo Rodrigues contempla, entre outros quesitos, à intenção de manter um líder criativo à frente da agência, que não mudará sua marca no Brasil, mantendo o W de Olivetto.

Washington Olivetto se desligou oficialmente da WMcCann, após sete anos na liderança da agência

A decisão de Hugo Rodrigues gerou movimentação não só na Publicis mas também nas demais agências da holding francesa, com a possibilidade de transferência de algum executivo de outra rede. Entretanto, a decisão final de Justin Billingsley, global chief operating officer da Publicis Communications, foi pela solução caseira, com as promoções de Miriam Shirley e Eduardo Lorenzi a co-presidentes.

No comunicado oficial, Justin elogia: “Miriam e Eduardo foram líderes-chave no processo de transformação que a Publicis vivenciou nos últimos anos. Acredito que eles estão perfeitamente preparados e que trazem a composição certa de competências para liderar a Publicis Brasil em sua próxima fase, garantindo que a agência siga na rota de forte crescimento em que se encontra. Agradecemos ao Hugo por todos os anos de contribuição para que a Publicis se tornasse líder de mercado e lhe desejamos sucesso”.

Agora copresidentes, Eduardo Lorenzi e Miriam Shirley integram o grupo diretivo que mudou a Publicis nos últimos três anos

Nos últimos anos, Hugo Rodrigues montou o time que atualmente comanda a Publicis Brasil, com as contratações de Eduardo, Miriam e também do vice-presidente de criação, Domenico Massareto. No comunicado oficial, Hugo diz que Eduardo e Miriam “são líderes talentosos, aguerridos e admirados pelo mercado”. “Saio feliz em saber que a Publicis é uma agência de líderes e que entre eles há dois que vão me suceder. Só tenho a agradecer a todos os colaboradores da agência, ao Arthur Sadoun, ao Justin e principalmente aos clientes pela oportunidade que me deram de desenvolver um trabalho tão relevante”, conclui.

Com mais de 20 anos de carreira, Miriam Shirley assumiu o posto de vice-presidente de mídia da Publicis em 2015, passando a comandar uma equipe que hoje tem 100 profissionais. O bom desempenho lhe rendeu a indicação ao Prêmio Caboré de 2017 na categoria Profissional de Mídia. Antes da Publicis, Miriam foi por oito anos diretora-geral de mídia da Ogilvy, por seis anos ocupou a diretoria-geral e vice-presidência sênior da Starcom Worldwide na Cidade do México e passou ainda pela Leo Burnett Chicago e pela Leo Burnett Brasil.

Eduardo Lorenzi iniciou sua carreira na Talent há 21 anos. Depois, passou dez anos na Neogama/BBH, chegando à Publicis em 2015. Foi indicado duas vezes ao Prêmio Caboré na categoria Profissional de Planejamento, em 2011 e em 2015. Foi ainda presidente do Grupo de Planejamento entre 2011 e 2013.

A saída de Hugo Rodrigues da Publicis encerra uma rara trajetória longeva de 18 anos na mesma agência, embora nesse período ela tenha mudado de marca e de controlador. Depois de iniciar carreira nos anos 1990 e passar por mais de quinze pequenas agências, Hugo chegou em 1999 à Salles DMB&B, que após mudanças de nomes, fusões e aquisições se transformou no que é hoje a Publicis Brasil. Em 2005, ele foi promovido a diretor de criação e participou do grupo que inaugurou a Salles Chemistri, agência de varejo focada no atendimento de GM. Em 2008, foi promovido a vice-presidente de criação da Publicis; em 2011, passou a acumular os cargos de COO e CCO; e, em 2014, foi promovido a CEO.

Hugo Rodrigues é um dos indicados ao Prêmio Caboré 2017 na categoria de Empresário ou Dirigente da Indústria da Comunicação, que disputa com Fabio Coelho (Google) e João Livi (Talent Marcel). Hugo venceu o Caboré de Profissional de Criação em 2014, ano em que assumiu como CEO da Publicis Brasil.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”