Política deu o tom criativo de Burger King, Nextel e outras

Buscar

Comunicação

Publicidade

Política deu o tom criativo de Burger King, Nextel e outras

Com maior ou menor grau de ousadia, anunciantes levaram o clima eleitoral para o centro de suas campanhas no primeiro e segundo turno

Luiz Gustavo Pacete
28 de outubro de 2018 - 20h38

 

Ação “Voto de Confiança Nextel”, criada pela Tribal Worldwide para a Nextel (Crédito: Reprodução)

Durante os dois turnos eleitorais deste ano, algumas marcas optaram por levar a abordagem política para o centro de suas respectivas campanhas. Burger King, Nextel, Chevrolet e Ben & Jerry’s, em maior ou menor proporção, falaram do tema em suas ações. Deste grupo, o mais incisivo foi o Burger King, que lançou o filme “Whooper Branco” durante o debate presidencial da Record, em 30 de setembro. A ação, criada pela agência David, alertou que, ao votarem em branco, pessoas davam a outros o direito de escolher o recheio do lanche: cebola e maionese.

“Não vou negar que houve um frio na barriga de entrar em um tema tão cavernoso”, admite Ariel Grunkraut, diretor de vendas e marketing do Burger King Brasil. “Mas a marca tem esse papel e, é importante deixar claro que, em nenhum momento tomamos partido. O principal cuidado foi deixar claro para nós mesmos que o foco é o consumidor. Que não quisemos, neste momento, se referir a partido A ou B”.

Em outubro, já no segundo turno, a marca lançou uma nova ação relacionada ao tema, no Twitter, em que mostrou totens de auto-atendimento recusando a colocação, por parte de consumidores, de nomes dos candidatos, forçando que as telas nas unidades da rede divulgassem esses nomes ou que funcionários os pronunciassem em alto volume, na entrega dos pedidos. Ao Meio & Mensagem, o Burger King esclareceu na época que os nomes Haddad e Bolsonaro já não eram aceitos no totem desde o início do período eleitoral para evitar confusões no auto-atendimento.

“Em tempos em que as marcas são cobradas por consumidores e grande público por um posicionamento claro e nada em cima do muro, alguns casos recentes chamam a atenção”, analisa Luiz Fernando Bernardo, head de conteúdo da Inbound Soul. “O mais recente e emblemático foi o da Nike com o jogador de futebol americano Colin Kaepernick. E o Burger King mostrou a eleitores com forte tendência a votar branco ou nulo as consequências de se esquivarem da responsabilidade de escolher seus candidatos.”

No mesmo debate do primeiro turno, na Record, a Chevrolet estreou um comercial, criado pela Commonwealth McCann, divisão da agência responsável pelo atendimento à Chevrolet, com o novo modelo do Cruze e o conceito #ComoDeveriaSer. “Imagine um lugar onde o interesse de alguns nunca é colocado acima do interesse de todos. Onde as coisas funcionam como deveriam funcionar”, diz o texto do vídeo.

No início de outubro, a Ben&Jerry´s também entrou na conversa inspirada pelas eleições e criou uma campanha em que, se o eleitor apresentasse seu título eleitoral em qualquer loja, teria 10% de desconto. A marca, já conhecida por seu posicionamento político e social, também criou a plataforma Me Representa, para contribuir para que eleitores encontrassem candidatos que estivessem alinhados com pautas relacionadas a direitos humanos. Também transformou o Cone Sweet Cone em Vote Sweet Vote.

A Nextel foi outra empresa que se associou diretamente ao tema, porém, de forma bem-humorada. No primeiro turno, brincou em seus filmes com cenas curiosas dos debates. Na semana passada, lançou um novo comercial, dessa vez, afirmando dar um voto de confiança em pessoas negativadas, uma das promessas do candidato Ciro Gomes. A ação “Voto de Confiança Nextel”, criada pela Tribal Worldwide, dá a possibilidade de pessoas com o nome sujo contratarem qualquer plano pós-pago da operadora.

“Na Nextel, acreditamos e confiamos nas pessoas, por isso lançamos essa oferta”, comenta Osni Diniz, diretor executivo de marketing da operadora. “Ter o nome negativado traz vários desafios e nessa hora o celular é fundamental para colocar as finanças em dia. Queremos agilizar a vida dos nossos clientes e mostrar que estamos ao lado deles também nos momentos em que mais precisam.”

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • burger king

  • Nextel

  • Chevrolet

  • ben & jerry´s