Duas chapas disputam presidência do Clube de Criação

Buscar

Comunicação

Publicidade

Duas chapas disputam presidência do Clube de Criação

Joanna Monteiro (FCB) e Sergio Mugnaini (DPZ&T) concorrem na eleição marcada para o dia 21 de setembro, a primeira sem chapa única dos últimos 16 anos

Alexandre Zaghi Lemos
12 de agosto de 2019 - 20h27

Duas chapas estão inscritas para disputar o comando do Clube de Criação de São Paulo, lideradas por Joanna Monteiro (FCB) e Sergio Mugnaini (DPZ&T). Será a primeira vez nos últimos 16 anos que haverá disputa para a presidência da entidade. A última vez em que houve duas chapas foi na eleição de 2003, quando Carlos Righi (atualmente na Damasco Filmes) foi reeleito para um segundo mandato, vencendo Sérgio Gordilho (Africa). Depois disso, todos os presidentes foram eleitos em chapa única: Eduardo Martins (2005, em mandato concluído por Jader Rossetto), Marcello Serpa (2007), Eduardo Lima (2009 e 2011), Fernando Campos (2013 e 2015) e Fernando Nobre (2017).

A chapa que tem Joanna Monteiro como candidata a presidente é integrada pela vice-presidente Keka Morelle (AlmapBBDO) e pelos diretores Ana Luiza Cavalcanti, Eduardo Lima (W+K), Guilherme Jahara (SunsetDDB), Hugo Veiga (AKQA), Laura Esteves (Y&R), Mariana Sá (Rede Globo), Mariana Youssef (ParanoidBr), Pedro Burneiko (CuboCC), Pedro Prado (F/Nazca S&S), Sophie Schoenburg (Africa), Theo Rocha (Facebook) e Wal Tamagno (Alice Filmes).

Já a chapa encabeçada pelo presidente Sergio Mugnaini pretende, se vencer, atuar em sistema de co-presidência, com a candidata a vice-presidente Luciana Haguiara (Suno). Nessa chapa, os diretores são Diego Machado (AKQA), Dulcídio Caldeira (Boiler Filmes), Eduardo Camargo (Mutato), Felipe Silva (Y&R), Felipe Simi (Soko), Jessica Queiroz (ParanoidBr), Marcos Medeiros (CP+B), Rejane Bicca (O2 Filmes), Renata Decoussau (Facebook), Renata Leão (JWT), Renato Fernandez (TBWA\Chiat\Day) e Samantha Almeida (Ogilvy).

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”