Rakuten abre rede de afiliados para funcionários de varejo

Buscar

Marketing

Publicidade

Rakuten abre rede de afiliados para funcionários de varejo

Colaboradores, como pessoas físicas, podem virar vendedores virtuais e receber comissão

Thaís Monteiro
21 de maio de 2020 - 13h24

Pensando no crescimento da procura por e-commerce devido às medidas de prevenção ao novo coronavírus, como o isolamento social, a Rakuten Advertising desenvolveu algumas soluções para auxiliar vendedores de redes de lojas, abrindo espaço para pessoas físicas em sua rede de afiliados. A empresa criou uma plataforma em que colaboradores de uma determinada empresa podem se cadastrar para trabalharem como vendedores virtuais.

 

A Lojas Marisa é parceira da Rakuten Advertising há três anos e começou a implementar a solução este mês (Crédito: leila Melhado/iStock)

Os funcionários terão acesso a anúncios digitais da companhia e podem compartilhar como publishers em suas redes sociais, com seus contatos em aplicativos de mensagens e em demais canais. A Rakuten Advertising fica responsável por fazer a gestão, consultoria e pagamento de comissão para os colaboradores afiliados e enviará relatórios em tempo real para a empresa cliente e o colaborador.

A solução já é trabalhada com as Lojas Marisa, que usa a plataforma para engajar os colaboradores e qualquer pessoa física que se cadastrar e decidir vender produtos da Lojas Marisa através do programa Sou Sócia, cuja proposta é oferecer uma renda extra aos participantes e trazer novos clientes para o canal de vendas on-line da varejista. O programa é uma iniciativa do projeto “Movimento Volta por Cima”, da marca, que visa elevar a autoestima e confiança das mulheres e conta com treinamentos de moda e tendência, webinars sobre técnicas de venda e lives.

Para Luiz Tanisho, country manager da Rakuten Advertising no Brasil, o programa de afiliados através de uma white label é o futuro da afiliação. “Além de ter a cara do e-commerce, nele o anunciante pode colocar comissionamentos diferenciados e pode criar ações exclusivas para essa rede de colaboradores. Acreditamos que essa ferramenta seja uma solução de curto prazo para geração de renda e de impulsionamento de vendas para empresas com lojas físicas que possuem milhares de funcionários sem poder ir trabalhar”, justifica. De acordo com o executivo, esses projetos já viram um aumento de 40% na sua receita online.

Além disso, a empresa liberou que qualquer um com Cadastro de Pessoa Física (CPF) se inscreva para ser um publisher na rede de afiliados da Rakuten Advertising. Antes, só era possível se filiarem pessoas com Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). “Abrindo a oportunidade para pessoas físicas serem afiliados, nós damos oportunidade para micro e pequenos influenciadores se tornarem empreendedores, num momento tão delicado da economia. Sem contar que as marcas buscam por diversificação na hora de divulgar. É um ganha-ganha para todas as partes”, explica Tanisho.

**Crédito da imagem no topo: Novendi Dian Prasetya/iStock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • luiz tanisho

  • Lojas Marisa

  • rakuten advertising

  • varejo

  • ecommerce

  • afiliados

  • marketing de afiliados