Gabriela Prioli estreia ações de Quem disse, Berenice?

Buscar

Marketing

Publicidade

Gabriela Prioli estreia ações de Quem disse, Berenice?

Marca do Grupo Boticário, que completa oito anos em maio, traz a advogada e comentarista como nova estrela do movimento #façopormim

Roseani Rocha
27 de maio de 2020 - 16h54

Primeira live das cinco com Gabriela Prioli será com a antropóloga Mirian Goldenberg (Crédito: Reprodução site Quem disse, Berenice?)

Marca de produtos e acessórios de maquiagem do Grupo Boticário, Quem disse, Berenice? está completando oito anos de mercado neste mês de maio e além de renovar suas linhas de batons líquidos e cremosos com novas fórmulas e embalagens trouxe novidades na comunicação. A advogada, professora e comentarista Gabriela Prioli é a mais nova embaixadora de Quem disse, Berenice? e faz sua estreia como garota-propaganda de uma marca de beleza.

Prioli lidera o movimento batizado #façopormim, que discute com intelectuais e influenciadores o papel da beleza e autoestima neste novo contexto de pandemia e isolamento social que todos vivemos. A primeira live acontece nesta quarta-feira, 27, às 20 h, no perfil da marca no Instagram e quem conversa com Gabriela é a antropóloga Mirian Goldenberg.

Na entrevista, a seguir, Renata Gomide, diretora de marketing e vendas de Quem disse, Berenice?, comenta a jornada da marca, que também teve de se adaptar à pandemia, concentrando vendas em e-commerce e whatsapp e a iniciativa de trazer Gabriela Prioli para seu time de marketing.

Renata Gomide, diretora de marketing da marca: comunicação que inspirou a libertação de regras (Crédito: Divulgação)

Meio & Mensagem – Que balanço faz da marca nesses oito anos, tanto em termos de imagem/branding, quanto de resultados de negócio?
Renata Gomide – Iniciamos nossa jornada no mercado nacional de maquiagem em uma época em que o mercado era muito pautado pelos padrões e regras estéticas, fotos e padrões de beleza rígidos e todos muito parecidos. E chegamos trazendo uma comunicação que inspirou a libertação dessas regras, demos um olhar novo, livre, corajoso e feliz às mulheres; um olhar em que a maquiagem seria uma ferramenta de expressão livre, não de correção. Com o passar dos anos, percebemos que muitos mudaram a direção de suas propostas e vieram conosco nessa jornada tão importante. De cá, continuamos nossa mensagem de liberdade, e, atualmente, viemos trazendo com ainda mais força a liberdade individual, a escolha de cada pessoa que atingimos, e a importância do autocuidado e da autoestima. Nosso portfolio busca atingir um público diverso, que se cuida, que se gosta e que, assim como a gente, se conhece mais a cada dia. Vimos aumentar a força da mulher real, da mulher diversa, de diferentes belezas, e nos esforçamos diariamente para acompanhar cada uma dessas evoluções.

M&M – O que é o movimento #façopormim e por que Gabriela Prioli?
Renata – O movimento #façopormim surgiu a partir da observação do cenário em que estamos atualmente. Entendemos que a relação das pessoas com a beleza, que já apresentava sinais de mudanças, se transformou ainda mais durante a pandemia. As medidas de isolamento social adotadas para conter a Covid-19 trouxeram uma reflexão sobre as relações de bem-estar, autoestima, maquiagem e mesmo sobre o tempo que cada um dispõe para si mesmo. Estamos num momento muito próximo de nós mesmos, tendo mais acesso à nossa própria companhia, anseios, valores, e pensamos: por que não trazer isso à tona, e a relação disso com a beleza e a autoestima?Para nós, a melhor forma de fazer isso foi através da conversa, uma conversa franca e real. E, neste cenário, a Gabriela Prioli foi o nome certeiro pra nós, desde o início. Eloquente, propositiva, trata a fundo a matéria do que se propõe e, mais importante, promove discussões e questiona. Isso sempre foi e continua sendo quem disse, berenice? Dialogar, provocar, questionar, de maneira clara, assertiva, trazendo sempre o viés da luz e da construção, muito mais do que o viés da crítica. Gabriela vem unir isso à sua franqueza e lucidez. Assim, nas próximas cinco quartas-feiras, sempre às 20 h, uma convidada especial entra pelo perfil da marca no Instagram , para compartilhar a conversa com Gabriela sobre os diferentes contextos de como o autocuidado e as rotinas de beleza – e maquiagem – podem ser ferramentas de força e autoestima neste momento complicado em que estamos. As convidadas para o movimento são a antropóloga Mirian Goldenberg; a influenciadora Xan Ravelli; a cantora Duda Beat; e as comunicadoras Jojo Moura e Camila Coutinho. Além disso, no perfil da marca também estarão documentados os depoimentos da médica Débora Tonetti e da professora Carol Terra, falando sobre o auto-cuidado a partir do contexto de profissões diretamente impactadas pelo isolamento, e que tem uma relação especialmente próxima com as pessoas, num trabalho que é marcado pelo contato direto.

M&M – Quantos produtos estão sendo lançados com essa pegada “vegana/novas
embalagens” e qual a expectativa com eles, quanto à comercialização/sucesso de
negócio, considerando esse contexto desafiador que o varejo está vivendo?
Renata – Nosso portfólio atual já consta com mais de 350 produtos veganos. Estamos, neste momento, em uma campanha também com a Gabriela Prioli, relançando nossos batons, um grande herói da marca, todos com fórmulas veganas. Temos uma expectativa de futuro – como marca e como Grupo Boticário – de somente ampliar nosso portfólio vegano, sempre contando com as melhores tecnologias para viabilizar. Vale ressaltar, também, que a marca quem disse, berenice? nunca testou em animais, como é política do Grupo Boticário desde o ano 2000.

M&M – O fato de a marca ter buscado, desde o início, um público jovem tem ajudado no e-commerce? Como tem sido o desempenho de vendas nesse canal? E quantas lojas voltaram a operar e quantas ainda estão fechadas no varejo físico?
Renata – Atualmente, estamos com 36 lojas abertas (dentre as 227 que temos), seguindo – como é política do Grupo Boticário – as orientações dos governos locais de abertura e fechamento, e com uma política estrita com relação a higienização, capacidade permitida em loja, e sem testes (testes físicos de produtos, que poderia trazer riscos de contaminação). Mas nossa marca já nasceu digital, com foco direto na nossa consumidora e em possibilitar que ela escolha a melhor forma de comprar e ter sua experiência com a marca e os produtos. Neste período de distanciamento social, nosso e-commerce vem crescendo três dígitos, em todas as faixas etárias e recortes de público, e estamos ainda mais omni: temos frentes de venda no WhatsApp e social selling, sempre em parceria com nossos franqueados e garantindo a participação da nossa força de vendas, por meio de estratégias de auxílio aos comissionamentos e vendas ligadas diretamente a cada uma das nossas lojas  abertas ou fechadas. Além disso, lançamos recentemente o Espelho Virtual, uma ferramenta poderosa que permite que nossas clientes testem virtualmente nossos produtos, não apenas aumentando a experiência online, mas em linha com direcionamentos de saúde de não utilizarmos testes nas nossas lojas que estão abertas.

M&M – Quem (agência) está desenvolvendo essa campanha com a Gabriela e como, em termos de produção, considerando também as restrições da pandemia? O que será a campanha? Qual o mote, que tipo de canais serão utilizados?
Renata – Atualmente o Grupo Boticário segue as políticas de isolamento social, com seus colaboradores trabalhando de forma remota, equipes de produção reduzidas em fábrica e seguindo as normas de distanciamento e higiene. O conceito da campanha veio de um trabalho da agência So What, e o desdobramento veio num trabalho interno conjunto com a Soko, parceira da marca para PR e Earned Media, a Fillet, nossa agência de conteúdo digital, e com a House, assessoria da Gabriela Prioli, que entrou para auxiliar no formato da ação. Toda a campanha foi feita remotamente – incluindo reuniões e entregas dos conteúdos das influenciadoras. Mesmo nosso fornecedor de acervo e logística está trabalhando em jornada reduzida, e adaptamos nossas demandas referentes a essa campanha de forma a respeitar, da melhor forma, a integridade em toda a cadeia. O mesmo ocorreu com fotografia e styling das influenciadoras – a exemplo da Gabriela Prioli, que clicou suas fotos por vídeo chamada com o fotógrafo Iude Richele, e teve styling assinado por Thiago Setra. Todos os conteúdos das convidadas também foram feitos e enviados remotamente. Como canais de divulgação da campanha temos nossa estratégia pautada nas redes sociais, reforçando as mensagens de autocuidado em meio a pandemia e também a evolução da marca com o relançamento do extenso portfólio de batons. Trabalharemos no formato de fotos, vídeos e lives de Instagram, reforçando nosso cuidado para que as pessoas – que puderem permaneçam em suas casas.

M&M – Para as lives, vocês citaram cinco convidadas. Será esse o número de lives ou poderá ter mais?
Renata – Serão cinco lives com convidadas especiais, pensadas em conjunto com Gabriela Priolli, abordando o tema principal a partir do contexto em que estão inseridas. No dia 27/05, a antropóloga Mirian Goldenberg explora autoestima e rituais de beleza em um movimento social global e a importância da autoimagem nesse contexto. No dia 03/06, a influenciadora Xan Ravelli traz suas vivências sobre ser uma mulher que se divide entre maternidade, feminismo, criação de conteúdo, e as diversas tarefas que abraça durante sua rotina, refletindo sobre a importância de momentos focados apenas em si mesma. No dia 10/06, Duda Beat reflete sobre as mudanças que o isolamento social tem provocado no cenário da cultura e da música, e fala sobre seus rituais e autocuidado nesse período; expõe sua experiência, as mudanças que enxerga atualmente, o que acredita que ainda vai mudar, e principalmente, conversa sobre como está a relação do artista com o seu público neste cenário. No dia 17/06, a influenciadora Jojo Moura manifesta sua visão sobre moda como uma ferramenta pessoal para o bem-estar, e alterações de estilo vida, principalmente sendo mãe recente e compreendo um novo papel; traz, também, uma análise sobre a riqueza de trabalhar o mundo da beleza como ferramenta de criação, e não de correção de falhas. Finalmente, no dia 24/06, a comunicadora Camila Coutinho apresenta sua vivência sob o viés da beleza para discutir o papel que a maquiagem está desempenhando nesse período. Como ela tem observado, ao longo também dos seus conteúdos, isso mudando dentro do cenário de beleza e estilo de vida.

(*) Crédito da imagem no topo: Reprodução site Quem disse, Berenice?

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Renata Gomide

  • xan ravelli

  • jojo moura

  • débora tonetti

  • carol terra

  • iude richele

  • thiago setra

  • Camila Coutinho

  • duda beat

  • Mirian Goldenberg

  • Gabriela Prioli

  • Instagram

  • Grupo Boticário

  • Quem Disse Berenice?

  • Soko

  • so what

  • fillet

  • house