Pentacampeã do CBLoL, INTZ é case de marketing em e-sports

Buscar
Publicidade

Marketing

Pentacampeã do CBLoL, INTZ é case de marketing em e-sports

Patrocinado por LG, Monster, PicPay, Logitech, Lupo, ExitLag e Dxracer, time criado em 2014 venceu o torneio nacional de League of Legends neste sábado, 5

Luiz Gustavo Pacete
5 de setembro de 2020 - 21h31

 

Pentacampeã: A INTZ se consagrou como a equipe que mais venceu o CBLoL

Pertencente à elite do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL), um dos principais torneios de jogos eletrônicos do mundo, a INTZ se tornou pentacampeã do torneio realizado pela Riot Brasil em cima da paiN Gaming na noite deste sábado, 5.

Neste ano, em especial, a competição teve vários desafios, começando pelas enchentes que atingiram os estúdios da Riot, em São Paulo, até a pandemia que forçou a empresa a migrar o campeonato integralmente para o digital. A final, no entanto, foi presencial e sem torcida no alto de um prédio, em São Paulo. O CBLoL é patrocinado por Gillette, Dell Gaming, Intel, Red Bull e Mastercard.

Neste ano, inclusive, a audiência do torneio foi maior com pico médio de espectadores únicos de 337 mil na Semana 1, alta de 89% comparado à Semana 1 do CBLoL 2019. Criada em 2014, além do League of Legends, a INTZ possui ou já possuiu equipes em outros jogos como Counter-Strike, Rainbow Six, Clash of Clans, Clash Royale, Garena Free Fire, PUBG Mobile, Fortnite, Brawl Stars e Speed Drifters.

A PicPay está com o time desde 2018

Até então, a INTZ dividia a liderança em número de títulos com a Kabum, 4 consquistas cada uma, e agora passa a ser a equipe de CBLoL com maior número de campeonatos vencidos. Das marcas não endêmicas, ou seja, aquelas que não oferecem produtos ou serviços diretamente ligado ao mundo dos games, a PicPay patrocina a equipe desde julho de 2018. No início deste ano, a Monster Energy também se tornou parceira da equipe e a Lupo já apoiava o time desde outubro de 2018.

 

Pela primeira vez, a final do CBLoL ocorreu sem torcida, apenas com os times competindo no alto de um prédio, em São Paulo

Divulgada em julho deste ano, a Pesquisa Game Brasil apontou que a INTZ está entre os clubes de e-sports mais conhecidos dos brasileiros. O estudo aponta que o público gamer está cada vez mais familiarizado e envolvido pelos esportes eletrônicos: 65,6% dos jogadores afirmam conhecer os e-sports, alta de 6,7% em comparação com o ano anterior.

A Lupo é uma das marcas não endêmicas que apoia ao time

Questionados sobre o conhecimento em relação aos times, os gamers apontaram Flamengo eSports (79,1%), INTZ (68,5%), Kabum eSports (66,7%), RED Canids Kalunga (64,2%), paiN Gaming (64,1%), Black Dragons (61,8%), Team oNe (61,6%), CNB eSports Club (61,3%), Vivo Keyd (59,9%) e Submarino Stars (57,9%).

“O engajamento sem igual de gamers com esportes eletrônicos ainda tem um retorno sobre investimento muito atraente para marcas dialogarem com essa geração adblock de Youtube, Netflix e games”, afirma Lucas Almeida, CEO da INTZ. Mesmo com a pandemia, os e-sports se mantiveram forte em todo o mundo. Segundo a Newzoo, o mercado global de jogos eletrônicos deve gerar mais de US$ 1,1 bilhão em 2020.

Publicidade

Compartilhe

Veja também