Google dá adeus ao Picasa

Buscar

Mídia

Publicidade

Google dá adeus ao Picasa

Companhia anuncia o encerramento de seu clássico serviço de compartilhamento de imagens para concentrar esforços no Google Photos


15 de fevereiro de 2016 - 12h52

O Google anunciou o fim do Picasa, seu serviço de armazenamento de fotos.

Com o encerramento, a companhia pretende concentrar esforços no Google Photos, lançado no ano passado. A mais recente ferramenta de imagens oferece aplicativos para iOS, Android e desktop, além de espaço ilimitado para guardar fotos e vídeos na web.

“Acreditamos que podemos criar uma experiência muito melhor ao focar em um serviço que oferece mais ferramentas e funcione em plataformas móveis e desktop, em vez de precisar dividir nossos esforços em dois produtos diferentes”, afirmou o Google em uma publicação feita no blog do Picasa, na sexta-feira, 16.

O conteúdo do Picasa poderá ser acessado pelo Google Photos. Os usuários terão apenas que fazer log in no novo serviço. A companhia também oferece como opção para aqueles que não querem migrar de ferramenta a possibilidade de utilizar um novo
espaço, que ainda será criado. Lá o usuários poderão fazer download ou deletar seus álbuns do Picasa.

A decisão, que foi tomada 11 anos após a aquisição do programa, em junho de 2004, começa a valer a partir de 1º de maio. A versão em aplicativo para o desktop do Picasa, no entanto, deixará de ter suporte em 15 de março.
 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”