Documentário retrata censura ao Estadão

Buscar

Mídia

Publicidade

Documentário retrata censura ao Estadão

Estranhos na Noite - Mordaça no Estadão em Tempos de Censura tem pré-estreia no sábado, 20, em sessão única no Memorial da Resistência


18 de fevereiro de 2016 - 10h00

A resistência de O Estado de S.Paulo durante a ditadura virou documentário.

Com roteiro do jornalista José Maria Mayrink, direção do cineasta Camilo Tavares e produção do Estadão, "Estranhos na Noite – Mordaça no Estadão em Tempos de Censura" mostra os fatos por meio de depoimentos dos jornalistas e outros profissionais que trabalhavam na redação durante a Ditadura Militar.

O filme também traz depoimentos das atrizes Eva Wilma e Irene Ravache e do ex-ministro Delfim Neto.

Para contar os bastidores, Mayrink entrevistou os jornalistas Ricardo Kotscho, Miguel Jorge, Carlos Chagas, Oliveiros Ferreira, Fernando Mitre, Flavio Tavares, Sérgio Mota Melo e outros profissionais que participaram desse importante capítulo da história brasileira.

O filme conta como nasceu a estratégia de denunciar a censura aos leitores publicando versos de Luiz de Camões e receitas culinárias no lugar das notícias proibidas Também relata como, mesmo depois do fim desse controle, o regime militar perseguiu jornalistas do Estadão com prisões, torturas e ameaças de morte.

A exibição será no dia 20, sábado, às 14h no Memorial da Resistência de São Paulo.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”