Setor de on demand chega a US$ 25 bi anuais

Buscar

Mídia

Publicidade

Setor de on demand chega a US$ 25 bi anuais

De acordo com levantamento do The Boston Consulting, mercado está crescendo aceleradamente impulsionado por plataformas como Netflix, Amazon e YouTube

Luiz Gustavo Pacete
22 de setembro de 2016 - 8h00

O segmento de conteúdo on demand, representado por players como Netflix, Amazon e YouTube, já chegou a um faturamento de US$ 25 bilhões anuais, segundo o último levantamento do The Boston Consulting Group. O estudo mostra que o impacto dessas empresas nas redes tradicionais de TV e distribuidores de vídeo tem sido considerável.

O levantamento, batizado de The Future of Television, que considera os dados de movimentação do ano de 2015, também mostra que a revolução digital está colocando mais de meio trilhão de dólares em jogo. Cerca de US$ 570 bilhões em criação de conteúdo, agregação e distribuição. Ainda de acordo com o relatório, o maior impacto do mercado também chamado de Over The Top tem sido a remoção de barreiras estratégicas, econômicas e nacionais para a distribuição de conteúdo de vídeo.

“A procura de consumidores por conteúdo de vídeo de qualidade e o número e variedade de novos serviços do mercado de OTT, que permitem satisfazer esta necessidade, estão aumentando o valor de mercado de conteúdos e desestabilizando os papéis e valores de mercado das redes.” John Rose, sócio sênior do BCG e coautor do relatório.

Em termos de valor financeiro, os maiores beneficiários da OTT até agora têm sido os grandes prestadores de serviços globais, baseados nos Estados Unidos. As perspectivas para a criação de conteúdo em mercados que não falam inglês parecem menos positivas.No Brasil, a penetração da TV paga tem aumentado em 10% ao ano desde 2010, com todos os participantes tradicionais se beneficiando.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • boston

  • consulting

  • group

  • ott

  • ondemand