Disney aceita vender Fox Sports no Brasil

Buscar

Mídia

Publicidade

Disney aceita vender Fox Sports no Brasil

Segundo a Bloomberg, companhia segue recomendações do Cade para selar o acordo de fusão no País e no México

Thaís Monteiro
21 de fevereiro de 2019 - 19h23

 

Acordo de fusão equivale a US$ 71 bilhões (Crédito: Reprodução/Fox Sports)

Segundo apuração da Bloomberg, fontes próximas ao debate sobre a fusão entre The Walt Disney Company e Twenty-First Century Fox no Brasil revelaram que houve acordo para vender parte das propriedades esportivas e, assim, obter autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para a negociação no Brasil. A Disney deve, portanto, vender os canais Fox Sports no País.

Essa propriedade vinha impedindo a conclusão das negociações por conta das regulações de concorrência. Com os canais esportivos somados à ESPN, da Disney, a empresa resultante da fusão cerca de 30 a 40% da audiência em TV paga. 

Procurada pelo Meio & Mensagem, ambas Disney e Fox dizem que não comentarão os termos da fusão. A reportagem da Bloomberg diz que as duas empresas apresentarão um plano de união para o Cade na próxima semana e já há empresas interessadas na aquisição da Fox Sports.

Havia um impasse parecido no México, mas no país a venda ainda não foi confirmada, pois as instituições reguladoras mexicanas não chegaram a recomendar venda de ativos. Porém, a Disney estaria disposta à ceder a propriedade caso o processo enfrente dificuldades parecidas com as enfrentadas no Brasil.

*Atualizada em 22 de fevereiro às 10h13

**Crédito da imagem no topo: Pan Xiaozhen/Unsplash

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Esportes

  • fusao

  • ESPN

  • Fox

  • fox sports

  • disney

  • Bloomberg

  • The Walt Disney Company

  • Twenty-First Century Fox

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”