WhatsApp prepara publicidade para 2020

Buscar

Mídia

Publicidade

WhatsApp prepara publicidade para 2020

Durante evento de marketing na Holanda, Facebook anunciou que a área de Status do app terá vídeos e imagens de marcas


23 de maio de 2019 - 10h31

Nesta semana, durante o evento Facebook Summit Marketing 2019, em Roterdã, na Holanda, o WhatsApp confirmou que terá anúncios a partir do ano que vem. As lâminas de publicidade vão aparecer conforme o usuário navega pela área de Status de seus contatos.

A nova ferramenta representa mais uma possibilidade de monetização para o aplicativo de mensagens gratuito. No início do ano passado, a primeira aposta nesse sentido foi o WhatsApp Business, que tem se desenvolvido desde então e ganhado mais features. No evento alemão foram anunciadas soluções de atendimento mais complexas, por exemplo.

A publicidade no app será semelhante àquela mostrada nos Stories do Instagram. O usuário poderá clicar e ser levado ao perfil ou à página do anunciante ou simplesmente passar direto. Chris Daniels, VP do Facebook para o WhatsApp, já havia antecipado no início deste ano que esse seria um movimento natural, com a expectativa de impactar os cerca de 450 milhões de pessoas que utilizam o Status (no total, são mais de 1,5 bilhão de usuários ativos mensalmente).

O WhatsApp não comunicou se  planeja também outros formatos, como na lista de contatos ou na troca de mensagens regular. Até agora, o aplicativo era o único produto do Facebook que ainda não tinha receita publicitária.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • facebook

  • Instagram

  • whatsapp

  • Publicidade

  • mídias sociais

  • Monetização

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”