Com séries da Neflix, Band quer atrair público jovem

Buscar

Mídia

Publicidade

Com séries da Neflix, Band quer atrair público jovem

Orange Is The New Black estreia em março e deve abrir a fila dos conteúdos da plataforma de streaming na emissora

Bárbara Sacchitiello
10 de janeiro de 2020 - 16h25

(Crédito: Divulgação/Netflix)

A série Orange Is The New Black, que estreou na Netflix em 2013 e exibiu sua última temporada na plataforma em 2019, chegará à TV aberta no Brasil pela tela da Band. A partir de 7 março, a emissora começa a exibir o seriado como o primeiro passo de um experimento que visa ampliar a conexão com a audiência mais jovem.

“O interesse na série surgiu pela qualidade do projeto e pela expectativa da audiência. Afinal, é uma atração de sucesso no mundo inteiro. Nossa expectativa é conseguir trazer novos telespectadores para a emissora, atraindo um público mais jovem”, admite Antonio Zimmerle, diretor nacional de programação da Band. Será a primeira vez que um conteúdo original da Netflix será exibido na TV aberta no País. A produção irá ao ar sempre aos sábados, às 23h.

O executivo conta que a negociação para adquirir os direitos de transmissão de Orange Is The New Black aconteceu por meio de Nelson Salto, presidente da distribuidora audiovisual Sato Company, que detém os direitos autorais da série que narra o cotidiano de uma penitenciária feminina.

De acordo com as pretensões da Band, a série deve ser a primeira de outras produções da Netflix a entrar no canal. “Esse é o início de um grande namoro e uma grande parceria. Já temos outras produções em negociação e, sem dúvida, vamos colher bons frutos”, antecipa Zimmerle, sem detalhar quais seriam as próximas produções adquiridas pelo canal.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Antonio Zimmerle

  • nelson sato

  • Band

  • Netflix

  • sato company

  • Audiência

  • TV aberta

  • Conteúdo

  • streaming

  • público

  • Jovens

  • Séries