Twitter estende Fleets para Itália e testa novas funções

Buscar

Mídia

Publicidade

Twitter estende Fleets para Itália e testa novas funções

Plataforma amplia restrição de interações para evitar abuso e respostas indesejadas


21 de maio de 2020 - 18h05

Nesta quinta-feira, 21, o Twitter anunciou a expansão do recurso Fleets para a Itália. A ferramenta, que é uma espécie de Stories da rede social, teve o Brasil como seu primeiro mercado de testes pois a plataforma considera os brasileiros a população que mais inicia conversas da rede social.

De acordo com o Twitter, há uma menor taxa de denúncias de abuso na plataforma em conversas geradas pelo Fleets se comparada com as publicações normais. Para interagir com o Fleets, é necessário enviar uma mensagem privada para o usuário.

Apesar da restrição ao contato ser maior, o público da plataforma considera mais simples começar conversas através do Fleets e estão enviando mais mensagens diretas e tuitando mais. O Twitter avalia que o recurso torna mais fácil para as pessoas compartilharem seus pensamentos e, quando o fazem, usam um número alto de publicações.

Restrições de interação

Em mais um esforço para evitar respostas indesejadas, o Twitter também está testando uma nova funcionalidade que restringe quem pode responder à uma publicação. Alguns usuários já testam a novidade. Antes de publicar, o perfil pode escolher se todos da plataforma podem interagir com a publicação, se só as pessoas que ele segue ou só quem ele menciona. Todos conseguem ver as respostas e os usuários que não estão inclusos na lista dos que podem responder, ainda podem curtir, retweetar e retweetar com comentário.

Conforme explica um comunicado do Twitter em seu blog, os usuários podem explorar sua criatividade promovendo um debate com pessoas específicas sem desviar a narrativa.

**Crédito da imagem no topo: Kon Karampelas/Unsplash

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Twitter

  • Conteúdo

  • Redes Sociais

  • Interação

  • fleets

  • restrição