Chaves sai da grade do SBT após 36 anos

Buscar

Mídia

Publicidade

Chaves sai da grade do SBT após 36 anos

Uma das atrações mais antigas da grade da emissora, seriado mexicano deixa de ser exibido por pendências da Televisa

Bárbara Sacchitiello
31 de julho de 2020 - 14h03

(Crédito: Reprodução/SBT)

Um dos mais antigos e populares seriados televisivos exibidos na TV aberta, Chaves deixará a grade do SBT a partir deste sábado, 1º de agosto. Em comunicado enviado à imprensa, a emissora informa que foi notificada pela Televisa, rede de televisão mexicana detentora dos direitos do seriado, de que a interrupção é necessária por conta de pendências a serem resolvidas entre a Televisa e os titulares dos direitos do programa.

O contrato que dava ao SBT o direito de exibição no Brasil dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito termina nesta sexta-feira, 31. A emissora, no entanto, conta que já havia feito acordos verbais com a Televisa para renovar a parceria. A rede mexicana, no entanto, enfrenta uma pendência com os detentores dos direitos intelectuais da obra de Chespirito, o que inviabiliza os acordos internacionais de transmissão.

Embora com algumas interrupções na exibição ao longo desse período, Chaves está presenta na grade do SBT há 36 anos, tornando-se um dos mais icônicos produtos da emissora. O seriado do menino pobre que vive em uma vila – e também do super-herói Chapolin Colorado – são reprisados pela emissora há décadas e já ocuparam as mais diferentes faixas de programação.

Na nota, o SBT lamenta a despedida do conteúdo e promete tentar retomar os direitos de exibição. “O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora. O SBT continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente”, promete.

Além do SBT, Chaves também se despede do Multishow, que adquiriu os direitos de transmissão dos seriados junto à Televisa em 2018.

Publicidade

Compartilhe