BBB 21: reality já tem 10 patrocinadores garantidos

Buscar

Mídia

Publicidade

BBB 21: reality já tem 10 patrocinadores garantidos

Sucesso da edição 2020 e plano comercial mais flexível já atraiu para o reality a Americanas, Amstel, Avon, C&A, McDonald’s, P&G, PicPay,  Seara, Above e Organnact

Bárbara Sacchitiello
10 de dezembro de 2020 - 8h40

Patrocinadora do BBB 20, Americanas retorna ao reality no próximo ano como cotista Big (Crédito: Reprodução/Globo)

O sucesso de audiência e de repercussão do Big Brother Brasil deste ano, que reuniu anônimos e famosos na competição, animou o mercado publicitário a participar da 21ª edição do reality show. Em novembro, a Globo apresentou o plano comercial do programa, com as cotas de patrocínio para os anunciantes que desejam expor sua marca no reality, e já havia concluído negociações com interessados na atração.

Bem diferente do apresentado nos anos anteriores, o projeto comercial do BBB 21 abriu espaço para a participação de mais patrocinadores. Até então, a Globo geralmente oferecia seis cotas de patrocínio máster para o programa. As marcas que adquiriram as cotas tinham suas marcas exibidas nas chamadas e vinhetas da atração e também ganhavam o direito de promover ações de conteúdo nas provas, festas e ao longo do confinamento. Além desses cotistas, outras marcas entravam no programa ao longo da exibição do reality para promover ações de merchandising entre os participantes.

Já para BBB 21, a Globo lançou um plano comercial que permite que o BBB estreie com mais cotas de patrocínio negociadas. Oito delas são masters e garantem a exibição ao longo de todo o programa, enquanto outras cotas envolvem apenas a inserção em alguns momentos do jogo. A nova estratégia já havia sido sinalizada em upfront da emissora, realizado em outubro, no qual os executivos comerciais da Globo declararam que as negociações comerciais para o reality show – assim como para os demais produtos da grade – seriam mais flexíveis, com oportunidades para anunciantes de diferentes portes.

Ao todo, já estão garantidas as presenças de 10 patrocinadores no BBB 21, que será o mais longo já exibido pela Globo, com início e 25 de janeiro e término em 4 de maio. São elas: Americanas, Amstel, Avon, C&A,  Americanas, McDonald’s, P&G, PicPay,  Seara, Above e Organnact. Parte desses patrocinadores são cotistas másters e, outros, patrocinam determinados formatos dentro do reality show. Procurada, a emissora diz que adotou a política de não mais comentar sobre negociações comerciais. Veja a participação de cada cotista:

Cotistas BIG: Americanas, PicPay e Avon
Essa cota equivale ao patrocínio master da atração, garantindo a exposição das marcas em todo o ecossistema que envolve o BBB dentro da Globo, tanto na exibição na TV aberta quando no Multishow e no ambiente digital e de redes sociais. Essas marcas também poderão ativar conteúdo sobre o programa em suas próprias redes e, também, promover ações de merchandising dentro da casa.

Desses patrocinadores, Americanas e PicPay estiveram no BBB 20. Já a Avon chegou a realizar ações pontuais em algumas edições, mas será a primeira vez que participa do programa como patrocinadora. Por cada uma dessas cotas, a Globo pediu R$ 78 milhões.

Cotistas Anjo: C&A, Amstel, Seara, McDonald’s e P&G
Bem parecida com a cota Big, o patrocínio Anjo também envolve a participação em toda a extensão do BBB. Há algumas diferenças entre a entrega comercial prometida a essas marcas do que as da cota Big. No caso desses cotistas Anjo, o patrocínio não envolve, por exemplo, a realização de intervalos comerciais contextualizados, a participação na atração de boas-vindas ao eliminado da semana, exibida pelo GShow e a inserção da marca durante a exibição em formato squeeze (solução comercial criada pela Globo na qual a tela do programa ganha uma espécie de borda, com a divulgação de produtos ou serviços do anunciante). Por cada uma delas, o preço (de tabela) pedido foi de R$ 59 milhões.

Desse grupo de patrocinadores Anjo, a maior parte já realizou ações de merchandising na casa, mas estreia em 2021 como cotista master. A maior novidade entre os anunciantes é o McDonald’s, que pela primeira vez entra no BBB, assim como a Amstel, que viu no programa a oportunidade para fazer a exposição de sua marca de cerveja em todo o território nacional. A C&A realizou algumas ações no BBB 20, levando roupas e oferecendo novos looks aos participantes. O mesmo aconteceu com a Seara, que promoveu almoços e refeições aos confinados no ano passado, para divulgar a linha Incrível Seara. Já a P&G colocará na atração uma de marca de seu vasto portfólio (a escolha ainda não foi divulgada).

Como são as principais cotas do Big Brother, as marcas Big e Anjo não poderiam ser de empresas de segmentos concorrentes, de acordo com regras comerciais da Globo.

Cotas Especiais
Além dessas cotas, a Globo inseriu no plano a oportunidade de participações fixas em ações específicas do reality show. São elas Mercado BBB (adquirida por Lojas Americanas); Meios de Pagamento (do PicPay); Cotas de Participação (Above, Ornannact e Seara).

Há ainda uma cota especial para o patrocínio do Almoço do Anjo (no valor de tabela de R$ 18 milhões) e outras cotas comerciais direcionadas à exposição das marcas nas redes sociais do programa.

Além dessas marcas, outros anunciantes ainda devem entrar na atração, como acontece anualmente, com ações pontuais de merchandising. No BBB 20, cerca de 25 marcas participaram do reality, ao longo de todo o período de exibição.

Publicidade

Compartilhe