Globo de Ouro 2021: Disney e Netflix lideram prêmios

Buscar

Mídia

Publicidade

Globo de Ouro 2021: Disney e Netflix lideram prêmios

Streaming levou estatuetas por The Crown e Disney leva Melhor Filme - Drama e Melhor Diretor por Nomadland, da Searchlight Pictures

Thaís Monteiro
1 de março de 2021 - 8h30

Em 2020, as 17 indicações a Netflix na 77ª edição do Globo de Ouro não correspondeu à realidade do evento, que premiou apenas duas categorias ao streaming líder de nomeações. Este ano, a narrativa mudou, ao menos nas categorias representando séries de televisão. Das 20 indicações em televisão, Neflix levou nove. Apesar disso, o SVOD sofreu uma derrota em filmes. Mesmo liderando as indicações com 22 menções, foi premiada três vezes, enquanto as propriedades da Walt Disney Company subiam ao pódio (virtual) quatro das nove vezes que foram indicadas entre Pixar, Disney + e Searchlight Pictures.

 

(Crédito: Reprodução/Searchlight Pictures/Associação/Netflix)

Realizado na noite deste domingo, 28, a 78ª edição do Golden Globes foi realizada simultaneamente em Nova York, Los Angeles e na casa dos indicados e vencedores. Tina Fey, em Nova York, e Amy Poehler, na Califórnia, apresentaram — juntas pela quarta vez e em grande sincronia pouco afetada pelo delay — para trabalhadores essenciais. A premiação celebrou-os e arrecadou fundos para a instituição Feeding America, que tem como meta alimentar mais de 46 milhões de pessoas nos Estados Unidos através de despensas, cozinhas de sopa, abrigos e outras agências comunitárias.

Os vencedores irão receber seu troféu posteriormente em casa, com exceção de Jane Fonda, que recebeu presencialmente sua estátua pelo Prêmio Cecil B DeMille por suas contribuições para o entretenimento. Os demais premiados estiveram conectados por videoconferência.

Embora as discussões sobre a importância da diversidade na frente e por trás das câmeras na indústria do cinema. A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, realizadora do Globo de Ouro, foi criticada pela falta de atores e atrizes negros indicados em diversas categorias. As críticas foram inclusas nos discursos de Amy e Tina e reverberado na apresentação de alguns prêmios e discursos de vencedores. A associação prometeu se comprometer para reverter a situação.

A edição também foi marcada pela primeira vez em que a premiação teve mais de uma mulher indicada à melhor direção — foram três: Emerald Fennell, Regina King e Chloé Zhao — e a segunda vez em que uma mulher leva o prêmio (Chloé Zhao). Antes disso, a única a vencer foi Barbra Streisand. Outro ponto de emoção foi a conquista póstuma de Chadwick Boseman como Melhor Ator em Filme – Drama em A voz suprema do blues.

Na matemática das indicações, do total de 42 indicações, liderando a edição com o filme Mank (6) e a série The Crown (6), Netflix levou 12 estatuetas. Em filme, depois da Netflix a Amazon Prime Video teve sete indicações, mas levou dois. Em séries, a HBO foi a segunda mais indicada com 7 nomeações, mas levou apenas um prêmio. Essa foi a primeira vez que a Apple TV + levou um Globo de Ouro pela atuação de Jason Sudeikis em Ted Lasso.

As grandes produções de destaque da noite foram Soul (Pixar/Disney) e O Gambito da Rainha (Netflix), que venceram nas duas categorias em que ambos foram indicados; Nomadland (Seachlight Pictures/Disney), que levou os prêmios de Melhor Filme – Drama e Melhor Diretor; Borat: fita de cinema seguinte (Amazon Prime Video), que ganhou Melhor Filme – Musical ou Comédia e Melhor Ator em Filme – Musical ou Comédia; The Crown (Netflix), que conquistou quatro estatuetas (Melhor Série – Drama, Melhor Atriz em Série – Drama, Melhor Ator em Série – Drama e Melhor Atriz Coadjuvante em Série);Schitt’s Creek (Netflix), vencedor de Melhor Série – Musical ou Comédia e Melhor atriz em Série – Musical ou Comédia; e O Gambito da Rainha (Melhor série limitada ou filme para TV e Melhor atriz em série limitada ou filme para TV).

A indústria da televisão e do cinema atribuem a grande indicação à streamings à pandemia, que fechou cinemas e fez com que as grandes premiações fossem adiadas, assim tornando lançamentos tardios possíveis. O Globo de Ouro dá início à temporada de prêmios. Os próximos serão o Critics Choice Awards em 7 de março, o Screen Actors Guild Awards em 4 de abril, os BAFTAs em 11 de abril e, por fim, o Oscar em 25 de abril.

Confira todos os vencedores:

CINEMA

Melhor Filme – Drama
Meu Pai
Mank
Nomadland
Bela vingança
Os 7 de Chicago

Melhor filme – Musical ou comédia
Borat: fita de cinema seguinte
Hamilton
Palm Springs
Music
A Festa de Formatura

Melhor diretor
Emerald Fennell — Bela Vingança
David Fincher — Mank
Regina King — Uma noite em Miami…
Aaron Sorkin — Os 7 de Chicago
Chloé Zhao — Nomadland

Melhor atriz de filme – Drama
Viola Davis (A voz suprema do blues)
Andra Day (Estados Unidos Vs Billie Holiday)
Vanessa Kirby (Pieces of a Woman)
Frances McDormand (Nomadland)
Carey Mulligan (Bela vingança)

Melhor ator de filme – Drama
Riz Ahmed (O som do silêncio)
Chadwick Boseman (A voz suprema do blues)
Anthony Hopkins (Meu pai)
Gary Oldman (Mank)
Tahar Rahim (The Mauritanian)

Melhor atriz em filme – Musical ou comédia
Maria Bakalova (Borat: Fita de cinema seguinte)
Anya Taylor-Joy (Emma)
Kate Hudson (Music)
Rosamund Pike (I Care a Lot)
Michelle Pfeiffer (French Exit)

Melhor ator em filme – Musical ou comédia
Sacha Baron Cohen (Borat: fita de cinema seguinte)
James Corden (A Festa de Formatura)
Lin-Manuel Miranda (Hamilton)
Dev Patel (The Personal History of David Copperfield)
Andy Samberg (Palm Springs)

Melhor ator coadjuvante
Sacha Baron Cohen (Os sete de Chicago)
Daniel Kaluuya (Judas e o messias negro)
Jared Leto (Os pequenos vestígios)
Bill Murray (On the Rocks)
Leslie Odom, Jr. (Uma noite em Miami…)

Melhor atriz coadjuvante
Glenn Close (Era uma vez um sonho)
Olivia Colman (Meu pai)
Jodie Foster (The Mauritanian)
Amanda Seyfried (Mank)
Helena Zengel (News of the World)

Melhor roteiro
Bela vingança
Mank
Os 7 de Chicago
Meu pai
Nomadland

Melhor filme em língua estrangeira
Another Round (Druk) – Dinamarca
La Llorona – Guatemala / França
Rosa e Momo (The Life Ahead ou La vita davanti a sé) – Itália
Minari – Em Busca da Felicidade – EUA
Nós duas (Two of Us ou Deux) – França e EUA

Melhor animação
Os Croods 2: Uma Nova Era
Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
A caminho da Lua
Soul
Wolfwalkers

Melhor trilha sonora
O céu da meia-noite – Alexandre Desplat
Tenet – Ludwig Göransson
News of the World – James Newton Howard
Mank – Trent Reznor, Atticus Ross
Soul – Trent Reznor, Atticus Ross, Jon Batiste

Melhor canção original
“Fight for You” de Judas e o messias negro – H.E.R., Dernst Emile II, Tiara Thomas
“Hear My Voice” de Os 7 de Chicago – Daniel Pemberton, Celeste
“Io Si (Seen)” de Rosa e Momo – Diane Warren, Laura Pausini, Niccolò Agliardi
“Speak Now” de Uma noite em Miami… – Leslie Odom Jr, Sam Ashworth
“Tigress & Tweed” de Estados Unidos Vs Billie Holiday – Andra Day, Raphael Saadiq

TELEVISÃO

Melhor série – Drama
The Crown
Lovecraft Country
The Mandalorian
Ozark
Ratched

Melhor série – Musical ou comédia
Emily In Paris
The Flight Attendant
The Great
Schitt’s Creek
Ted Lasso

Melhor série limitada ou filme para TV
Normal People
O Gambito da Rainha
Small Axe
The Undoing
Unorthodox

Melhor atriz em série – Drama
Emma Corrin (The Crown)
Olivia Colman (The Crown)
Jodie Comer (Killing Eve)
Laura Linney (Ozark)
Sarah Paulson (Ratched)

Melhor ator em série – Drama
Jason Bateman (Ozark)
Josh O’Connor (The Crown)
Bob Odenkirk (Better Call Saul)
Al Pacino (Hunters)
Matthew Rhys (Perry Mason)

Melhor atriz em série – Musical ou comédia
Lily Collins (Emily in Paris)
Kaley Cuoco (The Flight Attendant)
Elle Fanning (The Great)
Jane Levy (Zoey’s Extraordinary Playlist)
Catherine O’Hara (Schitt’s Creek)

Melhor ator em série – Musical ou comédia
Don Cheadle (Black Monday)
Nicholas Hoult (The Great)
Eugene Levy (Schitt’s Creek)
Jason Sudeikis (Ted Lasso)
Ramy Youssef (Ramy)

Melhor atriz em série limitada ou filme para TV
Cate Blanchett (Mrs. America)
Daisy Edgar-Jones (Normal People)
Shira Haas (Unorthodox)
Nicole Kidman (The Undoing)
Anya Taylor-Joy (O Gambito da Rainha)

Melhor atriz coadjuvante em série
Gillian Anderson – The Crown
Helena Boham Carter – The Crown
Julia Garner – Ozark
Annie Murphy – Schitt’s Creek
Cynthia Nixon – Ratched

Melhor ator coadjuvante em série
John Boyega (Small Axe)
Brendan Gleeson (The Comey Rule)
Dan Levy (Schitt’s Creek)
Jim Parsons (Hollywood)
Donald Sutherland (The Undoing)

Melhor ator em série limitada ou filme para TV
Bryan Cranston (Your Honor)
Jeff Daniels (The Comey Rule)
Hugh Grant (The Undoing)
Ethan Hawke (The Good Lord Bird)
Mark Ruffalo (I Know This Much Is True)

**Crédito da imagem no topo: Denise Jans/Unsplash

Publicidade

Compartilhe