Globo e Facebook se engajam em ações contra a fome

Buscar

Mídia

Publicidade

Globo e Facebook se engajam em ações contra a fome

Enquanto a emissora convida o público a ajudar por meio da plataforma Para Quem Doar?, a rede social destinará milhões de reais a Ação da Cidadania


6 de maio de 2021 - 14h58

Diante de números preocupantes do crescimento da fome no Brasil, principalmente por conta da pandemia do coronavírus, a Globo e o Facebook decidiram atuar na causa e anunciam, nesta quinta-feira, 6, ações que visam incentivar a doação de alimentos para as pessoas mais necessitadas.

Utilizando do conceito “Se falta comida, falta vida”, a campanha da TV Globo e do GNT convida o público a conhecer instituições que recebem doações na plataforma “Para Quem Doar”. Lançada nesta quinta-feira, 6, a campanha tem como objetivo mobilizar uma corrente do bem e levar comida à mesa de quem mais necessita.

A ação começou a ser apresentada durante o programa Encontro com Fátima Bernardes, convidando o público a conhecer mais de 200 entidades que recebem doações em todo o Brasil, reunidas na plataforma. O site, criado pela Globo no ano passado, ajudar a conectar as organizações com as pessoas de todas as regiões do país.

Até agora, são 249 campanhas já realizadas no Para Quem Doar, que alcançaram 487 mil usuários e foram acessadas quase 2 milhões de vezes. Veja o comercial da campanha:

A Globo não está sozinha nesse engajamento. Em outra iniciativa, o Facebook anunciou uma doação de R$ 10,8 milhões para a Ação da Cidadania, que vem tentando combater a fome no País durante a pandemia causada pela Covid-19
A maior doação individual de uma empresa do Brasil à campanha “Brasil Sem Fome” será utilizada para comprar cerca de 216 mil cestas básicas, beneficiando mais de 850 mil pessoas por todo o país.

De acordo com a Ação da Cidadania, a doação do Facebook permitirá a compra de cestas que custam R$50 cada e são compostas de 3 kg de arroz, 3 kg de feijão, 1 kg de macarrão, 1 litro de óleo, 1 kg de açúcar e 1 kg de farinha.

Até o momento, a ação já arrecadou mais de 16,6 milhões de alimentos – ou 83 milhões de pratos de comida – ajudando mais de 6 milhões de pessoas.

Publicidade

Compartilhe