Na década, 16 marcas passam pelo futebol da Globo

Buscar

Mídia

Publicidade

Na década, 16 marcas passam pelo futebol da Globo

Marcas parceiras do principal pacote de transmissões da emissora costumam manter a presença na grade por mais de um ano

Bárbara Sacchitiello
16 de novembro de 2021 - 6h02

(Crédito: Vladimir-vinogradov-istock)

Na semana passada a Globo divulgou os nomes dos sete anunciantes que terão suas marcas vinculadas às transmissões de futebol da emissora em 2022. Amazon, Cervejaria Petrópolis (Itaipava), General Motors (Chevrolet), Hypera Pharma, Itaú, Sportingbet e Vivo serão os patrocinadores do futebol na emissora que, pela primeira vez, terá sete anunciantes no projeto (até este ano, a quantidade de cotas eram seis).

Dessas marcas, duas estreiam no principal pacote comercial da Globo. Amazon e Sportingbet nunca haviam patrocinado o plano. A plataforma de apostas já havia patrocinado as transmissões esportivas no SporTV, mas fará sua estreia na TV aberta em 2022. Já a Amazon, embora seja presença frequente nos intervalos comerciais da Globo e tenha sido uma das cotistas da edição 2021 do reality show No Limite, nunca havia investido no principal produto esportivo da Globo. A Via, atual patrocinadora do futebol na emissora, não renovou o acordo para o próximo ano.

As demais patrocinadoras do futebol 2022 já eram parceiras da emissora e renovaram o acordo por mais uma temporada. No histórico dos cotistas do futebol da Globo, é comum que as marcas mantenham uma relação longa com a emissora. Itaú e Vivo, por exemplo, já são patrocinadores do pacote futebol há mais de dez anos. A Cervejaria Petrópolis entrou no futebol em 2021 na vaga deixada pela Ambev, que por 20 anos foi parceira das transmissões da Globo. A Chevrolet investe no futebol da emissora desde 2017 enquanto a Hypera Pharma ingressou nas transmissões em 2018, após a saída da Johnson & Johnson.

Nos últimos dez anos, 16 marcas diferentes, no total, foram patrocinadoras do futebol da Globo. Ao longo desse período, a maior parte delas foram parcerias da emissora por mais de um ano. Quem são seguiu esse modelo foi o Magazine Luiza, que patrocinou o projeto de futebol da Globo apenas em 2015; e a BRF, que adquiriu uma das cotas em 2016 e não mais renovou; a Ricardo Eletro, que foi patrocinadora no ano de 2017 e a Unilever, que comprou uma das cotas do futebol em 2018.

Veja, abaixo, a lista dos patrocinadores do futebol da Globo nos últimos dez anos:

2012
Ambev, Coca-Cola, Itaú, Johnson & Johnson, Vivo e Volkswagen

2013
Ambev, Coca-Cola, Itaú, Johnson & Johnson, Vivo e Volkswagen

2014
Ambev, Coca-Cola, Itaú, Johnson & Johnson, Vivo e Volkswagen

2015
Ambev, Itaú, Johnson & Johnson, Magazine Luiza, Vivo e Volkswagen

2016
Ambev, BRF, Casas Bahia, Itaú, Johnson & Johnson e Vivo

2017
Ambev, Chevrolet, Itaú, Johnson & Johnson, Ricardo Eletro e Vivo

2018
Ambev, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú, Unilever e Vivo

2019
Ambev, Casas Bahia, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú e Vivo

2020
Ambev, Casas Bahia, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú e Vivo

2021
Casas Bahia, Cervejaria Petrópolis, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú e Vivo

2022
Amazon, Cervejaria Petrópolis, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú, Sportingbet e Vivo

Publicidade

Compartilhe