Twitter nota alteração nos usuários após aquisição por Elon Musk

Buscar
Publicidade

Mídia

Twitter nota alteração nos usuários após aquisição por Elon Musk

Rede afirma que são flutuações orgânicas que provavelmente se devem à criações e desativações de contas


27 de abril de 2022 - 13h40

 

Elon Musk adquiriu a rede por US$ 44 bilhões (Crédito: Shutterstock)

Após Elon Musk adquirir o Twitter pelo valor de US$ 44 bilhões, a plataforma percebeu uma alteração no número de usuários, segundo reportagem publicada pelo Business Insider. Algumas contas populares na rede social viram seu número de seguidores diminuir drasticamente, enquanto outras notaram um aumento expressivo.

A reportagem afirma que usuários politicamente de esquerda perderam seguidores. Esse é o caso do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que sofreu uma queda de cinco mil usuários ou a deputada de Nova York, Alexandria Ocasio-Cortez, que perdeu quase 37 mil seguidores nos últimos dois dias. Além deles, celeridades também viram o a queda de números, como a cantora Katy Perry, que teve um declínio de 200 mil seguidores.

Por outro lado, nomes como o do governador da Flórida, Ron DeSantis, recebeu 141 mil novos seguidores e a conta do canal de notícias pró-Trump, One America News Network, também ganhou 13 mil seguidores na terça-feira, 26, segundo dados divulgados pelo SocialBlade. No Brasil, o atual Presidente da República, Jair Bolsonaro, viu seu perfil ter um aumento de 31 mil seguidores nos últimos dias.

Em comunicado a NBC, o Twitter afirmou que são flutuações orgânicas. “Enquanto continuamos a agir em contas que violam nossa política de spam, o que pode afetar a contagem de seguidores, essas flutuações parecem ser o resultado de um aumento na criação e desativação de novas contas”, disse a plataforma.

Publicidade

Compartilhe

Veja também