Band usa inteligência artificial para digitalizar acervo

Buscar
Publicidade

Mídia

Band usa inteligência artificial para digitalizar acervo

Acordo com norueguesa Piql prevê recuperar e remasterizar as 17 mil horas de conteúdo da TV Bandeirantes


23 de maio de 2022 - 9h00

O Grupo Bandeirantes firma parceria com a empresa norueguesa de tecnologia Piql, especializada em fornecer soluções de preservação digital e conversão de filme sensível à luz em mídia de armazenamento digital. O objetivo é recuperar e remasterizar o acervo de 17 mil horas de registros de momentos históricos da política, do esporte e da cultura brasileira feitos pela TV Bandeirantes, que completou 55 anos na semana passada.

Há três meses, as equipes estão trabalhando para implementar um sistema de remasterização de imagens usando a tecnologia de inteligência artificial. O primeiro conteúdo em fase de remasterização é a novela Os Imigrantes, escrita por Benedito Ruy Barbosa, Wilson Aguiar Filho e Renata Pallottini, exibida pela emissora em 1981.

Novela Os Imigrantes, exibida em 1981, é a primeira obra a ser remasterizada pela parceria (crédito: divulgação)

Processo de recuperação

Todos os capítulos serão remasterizados para resolução Full HD. O processo consiste em resgatar o material em seu formato original NTSC (720X480) e remasterizar as imagens com ganho de pixels para Full HD (1920X1080) com a aplicação de filtros de restauração e otimização da imagem com uso de inteligência artificial.

“Sabíamos que o processo tradicional de remasterização envolvia muitos sistemas e processos que são realizados por artistas de remasterização e demandam muito tempo, com custos elevados. Após muita pesquisa, conhecemos a tecnologia de inteligência artificial da Piql, e obtivemos resultados de ótima qualidade e de forma totalmente automática”, afirma Caio Carvalho, diretor executivo de comunicação e assuntos institucionais do Grupo Bandeirantes de Comunicação.

Publicidade

Compartilhe

Veja também