CEO da PepsiCo fala sobre campanha polêmica

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

CEO da PepsiCo fala sobre campanha polêmica

Em entrevista à Fortune, Indra Nooyi disse não entender o motivo de o vídeo com a modelo Kendall Jenner ter sido mal-entendido


26 de setembro de 2017 - 6h18

Após seis meses e depois de ter causado polêmica a ponto de ter sido retirado do ar, o comercial de Pepsi com a modelo Kendall Jenner foi comentado por Indra Nooyi, CEO da PepsiCo, no fim da semana passada. Em entrevista à Fortune, a executiva afirmou que refletiu muito sobre a campanha e que a marca nunca teve a intenção de ofender ninguém.

“Pensei muito sobre a repercussão, assisti ao vídeo várias vezes tentando descobrir o que deu errado. Aquilo era uma marcha de paz e não uma marcha de protesto”, afirmou Nooyi. Segundo ela, a repercussão lhe deixou chateada já que a Pepsi sempre foi uma empresa conhecida pela “diversidade de opiniões”.

“Mas no momento em que vi as pessoas chateadas com o vídeo, percebi que não valia a pena manter já que existiam pessoas de todos lados. De qualquer forma, foi um aprendizado. Criada pela in-house da Pepsico, a Creators League Studio, a peça mostra vários jovens caminhando em direção a um grupo de policiais em uma situação de confronto quando uma lata de Pepsi é oferecida por Kendall aos policiais que, instantaneamente sorri.

O comercial foi atacado por banalizar os protestos nos Estados Unidos em um momento delicado do ponto de vista político e social. Diante da repercussão inicial, a Pepsi tentou, inicialmente, defender o filme. Em comunicado, afirmou que o anúncio “refletia pessoas de diferentes origens se unindo em um espírito de harmonia”. Porém, dois dias depois, a empresa pediu desculpas e retirou o vídeo do ar. “A Pepsi estava tentando projetar uma mensagem global de unidade, paz e compreensão. Claramente falhamos e pedimos desculpas”, disse a empresa, reforçando que não tinha intenção de banalizar nenhum assunto sério.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • publicidade

  • Campanha

  • Pepsi

  • pepsico

  • ceo

Comente