Paulo Gregoraci deixa a WMcCann após nove anos

Buscar
Publicidade

Gente

Paulo Gregoraci deixa a WMcCann após nove anos

Contrato entre profissional e agência se encerra em junho e não será renovado em comum acordo; publicitário foi um dos responsáveis por fusão com a McCANN Erickson

Renato Rogenski
12 de junho de 2019 - 11h26

Com 47 anos de mercado, Gregoraci não tem pressa para definir novos passos na carreira (Crédito: divulgação)

O executivo está de saída da agência, onde há dois anos atua na posição de senior adviser. Antes disso, ocupou por sete anos o cargo de vice-chairman. Também foi por três anos o presidente da W/Brasil, sendo em 2010 peça-chave na fusão com a McCANN Erickson, que deu origem à marca atual. “Paulo é um ícone e não só colaborou com o fortalecimento e crescimento da WMcCann, como se tornou referência no mercado tendo acompanhado e influenciado, ao longo de toda a sua trajetória, a área de mídia no país”, diz Hugo Rodrigues, chairman e CEO da WMcCann.

Segundo agência e profissional, o contrato de trabalho se encerra agora em junho e não será renovado em comum acordo. Por hora, o executivo diz não ter não pressa para decidir um novo passo para a sua carreira.  “Estou trabalhando há quase 50 anos de forma ininterrupta. Este ano pretendo aproveitar o meu tempo ao lado da minha família e amigos”, explica. Com 47 anos de mercado, Gregoraci iniciou a sua jornada na Mauro Salles (atual Publicis) e teve passagens por algumas das principais agências de propaganda: Young & Rubicam, Ogilvy, Leo Burnett, Talent e Fallon, antes de chegar à W/Brasil.

Como veículo, o profissional foi diretor executivo de marketing e publicidade da Editora Globo e também dirigiu entidades como Conar, Cenp, ABP, APP e IVC. Também foi presidente do Grupo de Mídia de São Paulo, onde há mais de 30 anos é diretor executivo.

Compartilhe

Veja também