Como irá funcionar o estúdio de produção audiovisual da Malwee

Buscar

Como irá funcionar o estúdio de produção audiovisual da Malwee

Buscar
Publicidade

Marketing

Como irá funcionar o estúdio de produção audiovisual da Malwee

Complexo localizado em Santa Catarina produzirá todos os materiais de comunicação das marcas da companhia; estimativa é economizar R$ 3 milhões até 2025


10 de novembro de 2023 - 11h29

Malwee produçãp

Produções da Malwee serão realizadas no estúdio da empresa em Jaraguá do Sul, Santa Catarina (Crédito: Reprodução/YouTube)

Até o ano de 2025, todos os editoriais de moda, fashion films, produções de imagens par redes sociais, lookbooks e até mesmo algumas ações de merchandising do Grupo Malwee deverão sair diretamente de um estúdio de mais 1,3 mil m², localizado na cidade de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina.

A companhia, dona das marcas de vestuário Malwee, Malwee Kids, Enfim e Carinhoso, decidiu internalizar e centralizar todos os processos de produção em sua cidade de origem. Antes, algumas das produções de fotos e vídeos eram realizadas em São Paulo.

“Olhamos para um valor que é muito importante para nós enquanto companhia: sustentabilidade. Agora, temos uma logística mais ágil, sustentável, do ponto de vista ambiental, e menos custosa”, explica Edison Buzzi, gerente de produção e imagem do Grupo Malwee.

Além disso, outro objetivo da companhia com a criação do complexo de produção é fomentar os talentos locais. O porta-voz explica que, para operar um estúdio com capacidade para cinco shootings simultâneos e uma loja modelo em tamanho real, que será usada para testes de merchandising e showroom comercial, são necessários profissionais de várias áreas.

“Para operar uma infraestrutura como essa, estamos iniciando a operação com um time multidisciplinar entre designers, assistentes de produção executiva, fotógrafo e editor de imagem”, diz Buzzi. Ele conta, ainda, que outras vagas serão abertas nos próximos meses.

Produção da Malwee: como serão os trabalhos de comunicação?

O Grupo Malwee estima que, até 2025, quando o estúdio estiver funcionando em plena capacidade, a empresa consiga uma economia de R$ 3 milhões nos processos de comunicação e produção.

A principal vantagem dessa estrutura, segundo o gerente, é facilitar o fluxo de trabalho entre a produção industrial e o marketing, de modo que ambas façam um trabalho integrado do ponto de vista estratégico, conceitual e operacional.

Atualmente, o grupo não conta com agências de publicidade. Todos os trabalhos de comunicação são feitos internamente, pelo time de marketing. Portanto, a proposta é que o estúdio agilize o fluxo desses trabalhos.

Ainda assim, o gerente de produção diz que o estúdio poderá atuar em conjunto com agências que, eventualmente, sejam contratadas para campanhas ou outras ações de publicidade.

Por enquanto, o estúdio já está absorvendo a produção de materiais B2B e B2C. Para 2024, o porta-voz conta que a ideia é evoluir nas entregas de editoriais, vídeos e lives e ampliar o conteúdo de treinamento e apoio para lojistas.

Publicidade

Compartilhe

Veja também