Celso Marche, da RAC, morre em São Paulo

Buscar

Celso Marche, da RAC, morre em São Paulo

Buscar
Publicidade

Mídia

Celso Marche, da RAC, morre em São Paulo

Profissional teve carreira marcada por atuação na publicidade da Editora Globo, Bandeirantes e Getty Images


11 de abril de 2011 - 11h48

O executivo Celso Marche, que teve uma carreira marcada por atuação na área comercial de diversos veículos de mídia impressa e eletrônica, faleceu na madrugada desta segunda-feira, 11 de abril, em São Paulo, por conta de uma insuficiência cardíaca.

Seus últimos anos profissionais foram dedicados à Rede Anhanguera de Comunicação (RAC), conglomerado de mídia impressa proprietários dos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Gazeta do Cambuí e a Revista Metrópole, em Campinas, além das Gazetas de Piracicaba e de Ribeirão, em Ribeirão Preto. Em 2007, Marche ingressou na RAC no posto de diretor geral do conglomerado em São Paulo.

Antes disso, o profissional passou pela direção geral da Getty Images, de onde saiu para assumir a nova função na RAC. Também contou com uma experiência no setor televisivo, quando foi diretor comercial da Bandeirantes – cargo assumido em 2003. Marche também ocupou, por alguns anos, a missão de dirigir e administrar toda a área de publicidade da Editora Globo. Antes disso, também foi condutor dos negócios de publicidade da revista Veja, passando, posteriormente, a assumir toda a divisão da área dentro da Editora Abril.

No biênio de 2008 e 2010, o profissional também se dedicou ao Conselho de Etíca do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). Marche fez parte do grupo que representava a Associação Nacional de Jornais dentro da entidade.

O velório de Celso Marche acontece nessa segunda-feira 11, no Cemitério da Quarta Parada, na Zona Leste de São Paulo. A cremação está marcada para as 15, na Vila Alpina, também na capital paulista.
 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • STF arquiva inquérito contra big techs por manifestação contra PL das fake news

    STF arquiva inquérito contra big techs por manifestação contra PL das fake news

    Google e Telegram foram acusadas de suposta campanha abusiva contra o PL das Fake News ao se manifestarem contra a proposta em suas plataformas

  • Em parceria com Smart Fit, b.drops leva OOH a academias

    Em parceria com Smart Fit, b.drops leva OOH a academias

    Empresa deve instalar, até outubro, 5 mil telas em unidades da rede, inaugurando a vertical Health