Tropa de Elite 2 foi o grande vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Buscar

Tropa de Elite 2 foi o grande vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Buscar
Publicidade

Mídia

Tropa de Elite 2 foi o grande vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Longa de José Padilha leva nove troféus em noite de homenagens no Rio de Janeiro


1 de junho de 2011 - 2h18

Profissionais da indústria do cinema, entre diretores, atores e presidentes de entidades do setor lotaram na noite desta terça-feira, 31, o Teatro João Caetano, no Centro do Rio, para a entrega do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, que chega à sua décima edição. O filme Tropa de Elite 2, de José Padilha, foi grande vencedor da noite elevou nove troféus Grande Otelo, nas categorias melhor som, melhor montagem de ficção, melhor direção de fotografia, melhor ator coadjuvante, melhor roteiro original, melhor ator, melhor direção, melhor longa-metragem de ficção e melhor longa-metragem de ficção pelo voto popular.

Ao todo, foram 27 vencedores, sendo 24 escolhidos por membros da Academia Brasileira de Cinema e três pelo voto popular. O presidente da Academia Brasileira de Cinema, Roberto Farias, abriu a cerimônia de premiação, que teve como apresentadores a atriz Fabíula Nascimento e o humorista Bruno Mazzeo.

A premiação teve momentos emocionantes, entre eles a entrada de Lucia Rocha, mãe do cineasta Glauber Rocha que entregou o Prêmio Especial de Preservação, que destaca o trabalho de preservação dos arquivos do cinema brasileiro, para os organizadores da Mostra de Cinema de Ouro Preto (Cineop) e a homenagem à atrizamenagem a atriz Norma Benguell, que recebeu seu prêmio das mãos da atriz Marieta Severoemocionou. Remo Usai, responsável por criar músicas para mais de 60 longas, também recebeu homenagem especial da Academia, entregue a ele pelo maestro Tim Rescala.

O ponto alto das homenagens feitas pela organização do evento foi para Lucy e Luiz Carlos Barreto, pelos 50 anos de trabalho dedicados ao cinema e a contribuição constante para o crescimento do mercado. Antes de subirem ao palco, Lucy e Barretão, como é carinhosamente chamado pelos colegas, ouviram a mensagem da filha, a produtora Paula Barreto, que emocionada, disse que os pais a ensinaram a amar o cinema. Lucy e Luiz Carlos receberam o prêmio especial das mãos de Cacá Diegues e Renata de Almeida.

José Padilha, grande premiado da noite, subiu ao palco para receber os prêmios para o filme Tropa de Elite 2 para Lula Carvalho (melhor fotografia) e Wagner Moura (melhor ator) que estavam ausentes, em produções fora do Rio. Padilha destacou a importância da parceria com toda a equipe do filme e brincou dizendo que nem tinha mais o que falar depois de subir tantas vezes ao palco para receber os troféus pelo filme.

Além dos prêmios dados pela Academia, a votação popular, feita pela internet, escolheu como melhor longa-metragem estrangeiro A Rede Social, de David Fincher; como melhor longa-metragem documentário, Dzi Croquettes, de Raphael Alvarez e Tatiana Issa. Tropa de Elite 2 foi escolhido pelo voto popular como melhor longa-metragem de ficção. José Padilha agradeceu a participação do público e falou da bilheteria recorde com mais de 3 milhões de espectadores, e lembrou que em 2010 mais de 50% das salas de cinemas nacionais exibiram filmes brasileiros em um mesmo momento. “A gente tem que dar este Prêmio para o público”.

Na noite dessa terça-feira 31 passaram pelo tapete vermelho montado na entrada do teatro, cerca de 1200 convidados, entre produtores, cineastas, diretores, exibidores, distribuidores dos maiores estúdios de cinema, além de atores e atrizes como Camila Pitanga, Alinne Moraes, Juliana Didone, Roberta Rodrigues, Giulia Gam, Glória Pires, Marieta Severo, Ingrid Guimarães, Leandra Leal, Tainá Muller, Alice Braga, Rita Cadillac, Caio Blat, André Mattos, Luciano Szafir, Ângelo Paes Leme, André Ramiro, Nelson Xavier, Hugo Carvana, Jorge Mautner, Marcos Paulo, Cássio Gabus Mendes, entre outros. Concorreram ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro mais de 100 filmes, entre longas nacionais de ficção, documentários e filmes estrangeiros.

O primeiro turno da votação foi realizado entre os dias 18 de fevereiro e 05 de março de 2011. Neste período, foram escolhidos os cinco finalistas de cada categoria. A segunda e última etapa da votação aconteceu a partir do dia 11 de abril deste ano. A premiação foi realizada pela Academia Brasileira de Cinema e teve o apoio da Ancine e patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Cultura; da Prefeitura do Rio de Janeiro , por meio da RioFilme e da TV Globo.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Placar e Centauro se unem para transmissão da Copa América

    Placar e Centauro se unem para transmissão da Copa América

    Com imagens, empresas levarão sinal para plataformas, além de contar com influenciadores para amplificar o conteúdo

  • Qual é a importância das métricas de atenção?

    Qual é a importância das métricas de atenção?

    Pesquisa da DoubleVerify revela que metade dos compradores de mídia na América Latina planejam integrar métricas de atenção em suas estratégias