As marcas que mais engajaram no YouTube em janeiro

Buscar

As marcas que mais engajaram no YouTube em janeiro

Buscar
Publicidade

Mídia

As marcas que mais engajaram no YouTube em janeiro

Ranking realizado pela Snack Content mapeou os canais de 247 marcas para avaliar as interações dos usuários com o conteúdo

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


5 de fevereiro de 2024 - 6h10

marcas que mais engajaram

Vídeo do Growth Suplementos, canal líder em engajamento do YouTube em janeiro, segundo ranking da Snack Content (Crédito: Divulgação)

Com 636 milhões de engajamentos, a Growth Supplements encabeça o ranking “Top 10 marcas mais engajadas em janeiro no YouTube Brasil”, produzido pela Snack Content, empresa da B&Partners.

A empresa analisou quase dois mil vídeos postados em janeiro, por 247 marcas, por meio de sua ferramenta de dados, a Tubular Labs. Foram avaliadas interações como likes, comentários e compartilhamentos nos perfis das marcas.

Em segundo lugar nessa primeira edição ranking está o canal Coisa Nossa, de Guaraná Antarctica, com 632 milhões de engajamentos e, em terceiro, a página do Mercado Livre, com 573 milhões.

Veja, abaixo, as dez marcas mais bem classificadas no ranking da Snack Content:

1- Growth Supplements, Growth Suplementos (636 mil engajamentos)
2- Coisa Nossa, de Guaraná Antarctica (632 mil engajamentos)
3- Mercado Livre (573 mil engajamentos)
4- Burguer King (437 mil engajamentos)
5- Bradesco (327 mil engajamentos)
6- Embelleze (307 mil engajamentos)
7- Renner (176 mil engajamentos)
8- Samsung (162 mil engajamentos)
9- Nestlé (149 mil engajamentos)
10- Banco Itaú (140 mil engajamentos)

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Google assina acordo para criar centro de pesquisa em São Paulo

    Google assina acordo para criar centro de pesquisa em São Paulo

    As obras de modernização do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) começam em setembro de 2024; Google já começa a compor a equipe de engenheiros e desenvolvedores

  • Plataforma de streaming processa Fox, Disney e Warner nos EUA

    Plataforma de streaming processa Fox, Disney e Warner nos EUA

    Fubo.TV alega que o novo streaming esportivo, que unirá as três companhias, tende a prejudicar a concorrência