Itaú Cinemas promove festival de pré-estreias em casa

Buscar

Itaú Cinemas promove festival de pré-estreias em casa

Buscar
Publicidade

Mídia

Itaú Cinemas promove festival de pré-estreias em casa

Parte da renda angariada será revertida à Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais para auxílio aos profissionais afetados pela Covid-19


19 de junho de 2020 - 6h00

Piedade, de Cláudio Assis, será o primeiro filme exibido no festival de pré-estreias (Crédito: reprodução)

O isolamento social imposto pelos estados em combate ao novo coronavírus impede que os frequentadores de cinemas possam ir às telonas. Pensando nessa realidade, e celebrando o Dia do Cinema Brasileiro (19 de junho), o Itaú promove o o festival de pré-estreias online do Espaço Itaú de Cinema.

Durante duas semanas, o Itaú Cinemas exibirá 19 títulos inéditos na plataforma Looke, que também transmitiu a seleção de filmes do festival Varilux. Estreando a lista está o longa Piedade, dirigido por Claudio Assis e estrelado por Fernanda Montenegro. O título será, também, o único disponível gratuitamente.

A programação do festival terá dois filmes por dia, que ficarão disponíveis por 48 horas, por R$ 10,00 cada. Parte do valor arrecado do será destinado à Apro (Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais) para auxiliar os profissionais economicamente afetados pela pandemia de coronavírus.

Após a exibição online, os títulos do festival entrarão em cartaz no circuito Itaú Cinemas, em datas ainda não definidas.

 

*Crédito da imagem no topo: Megha Mangal/Pexels

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Levantamento da Brain investigou hábitos de consumo de redes sociais entre diversas faixas etárias; WhatsApp é o app líder entre todas as gerações

  • Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Após ter aumentado assinatura no mercado norte-americano, plataforma também terá novos valores no País a partir de setembro