O futuro das novelas no streaming

Buscar
Publicidade

Mídia

O futuro das novelas no streaming

Netflix e Warner Bros. Discovery preparam novelas para estrear em suas plataformas de streaming, com desafios de roteiro e estrutura


11 de maio de 2023 - 6h03

Na segunda-feira, 8, a Warner Bros. Discovery, empresa fruto da fusão entre Discovery e WarnerMedia, anunciou o lançamento de nova marca na América Latina. Trata-se do TNT Novelas, canal que será adicionado à oferta de televisão por assinatura da companhia.

Novelas no streaming

Juliana Paes e Vladimir Brichta serão protagonistas da primeira novela da Netflix (Crédito: Marcus Sabah/ Netflix)

O canal entra na grade de programação em julho e vai exibir novelas, como as turcas Será isso amor? e Um Milagre. A ambição das plataformas de conteúdo com as novelas está longe de se limitar à TV.

No mês passado, a Netflix anunciou, durante o Rio2C, a produção de sua primeira novela. O melodrama tem, por enquanto, o título provisório de Pedaço de Mim e terá como protagonistas os atores Juliana Paes e Vladimir Brichta.

 

No mesmo evento, a Warner Bros. Discovery (WBD) destacou que as novelas e as séries de true crime nacionais são suas prioridades no Brasil. A companhia apresentou em 2021 Raphael Montes, o roteirista e escritor por trás de títulos como Bom Dia Verônica e A Menina que Matou os Pais/O Menino que Matou Meus Pais como o titular de sua primeira novela.

Atualmente, a produção já tem 40 capítulos escritos e está em processo de formação de elenco, com Camila Pitanga e Murilo Rosa já confirmados. A WBD também confirmou o remake de Dona Beija, exibida originalmente pela Rede Manchete em 1986.

Além disso, a companhia tem cinco roteiros já finalizados para a América Latina e a produção chamada Colison, no México. “As novelas têm um grande papel na identidade cultural do Brasil e de toda a América Latina e nossa bússola para produção de conteúdo é sempre o público, com quais histórias e personagens se identificam e como consomem esse conteúdo”, explica Monica Albuquerque, head de gestão de talentos e desenvolvimento scripted Latam da WBD.

Desafios de roteiro

Segundo a executiva, o maior desafio de produzir produtos desse gênero é a estrutura da própria Warner Bros. Discovery que precisa se conectar com a cultura de cada um dos países em que está presente, além de ganhar velocidade nos processos internos de informação e aprovação após a fusão.

Monica explica como o streaming pode beber do formato de novela para a TV. “Temos duas coisas bem específicas nas novelas diárias de canais lineares, que é o ritmo e a estrutura do roteiro. Essas duas coisas são bem-marcadas pela reexibição.  Cada capítulo retoma o que aconteceu no dia anterior e há repetições porque nem todos assistem todos os dias, necessariamente. Esse ritmo é muito específico das novelas, mas, quando passam para o streaming, para o on demand, não é mais necessária essa repetição já que cada espectador escolhe que episódios assistir, em que momento parar, se vai rever o anterior”.

E conclui: “Quando passamos as novelas para o streaming, procuramos imprimir o ritmo da série à estrutura do roteiro melodramático. E temos exemplos de séries de muito sucesso que buscam elementos do melodrama, como Succession e Euphoria. A ideia é combinar os elementos das novelas ao compasso mais dinâmico das séries de TV”.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Nova plataforma de streaming do SBT já tem 5 patrocinadores

    Nova plataforma de streaming do SBT já tem 5 patrocinadores

    Com previsão de lançamento para o segundo semestre, +SBT terá acesso gratuito ao público e exibição de anúncios publicitários

  • Warner Bros Discovery e SBT preparam programação especial para a final da Champions

    Warner Bros Discovery e SBT preparam programação especial para a final da Champions

    Com grade diferenciada e cobertura extensa de pré e pós jogo, emissoras trazem programas, boletins e novidades para marcas