Brasil Econômico encerra atividades

Buscar

Mídia

Publicidade

Brasil Econômico encerra atividades

Ejesa decidiu colocar fim à operação do jornal de economia por questões financeiras

Bárbara Sacchitiello
14 de julho de 2015 - 7h19

O jornal Brasil Econômico irá encerrar suas atividades nesta semana. A diretoria do jornal informou aos funcionários na tarde desta terça-feira, 14, que o título de economia irá circular apenas até quinta-feira, 16. Cerca de 40 funcionários do jornal (entre jornalistas e diagramadores) serão demitidos.

Por enquanto, a Ejesa, empresa pertencente ao grupo português Ongoing e responsável pela publicação do Brasil Econômico ainda não se pronunciou sobre o assunto. De acordo com informações obtidas pela reportagem, a justificativa dada pela diretoria seriam os problemas financeiros do título, que teriam inviabilizado a continuidade da operação. Os funcionários já vinham sentindo os problemas financeiros do Brasil Econômico, que vinha atrasando pagando de salários e de outros direitos trabalhistas. Ainda segundo informações internas, o grupo vinha sofrendo com diminuição de receitas publicitárias e atrasos de pagamento por parte de anunciantes.

O título de economia lançado no Brasil em outubro de 2009. Desde então, o veículo já enfrentou períodos de instabilidade. Em 2013, a sede da operação foi transferida de São Paulo para o Rio de Janeiro, onde são publicados os demais títulos da Ejesa (Meia Hora e O Dia). Não há informações a respeito de cortes ou reformulações nos demais títulos do grupo.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”