Grupo Estado encerra operação da rádio Estadão

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Grupo Estado encerra operação da rádio Estadão

Justificativa é de que a empresa irá centralizar os investimentos no ambiente digital; emissora estava no ar desde 2011


10 de março de 2017 - 18h10

Nesta sexta-feira, 10, o Grupo Estado anunciou o fim da operação da rádio Estadão, transmitida até então na estação 92,9 FM. Em comunicado oficial, a empresa alega que o desligamento permitirá um maior investimento no segmento digital por parte da companhia. Na frequência ocupada pela rádio, será veiculada a programação da Comunidade Cristã Paz e Vida a partir de 18 de março.

“O Grupo Estado tem focado seus investimentos  numa estratégia multiplataforma em meios como jornal, portal,  mobile, redes sociais, e-commerce e eventos proprietários”, disse o Grupo Estado, em nota. Atualmente, a companhia é proprietária de eventos como Summits e Fóruns Estadão, produz mais de mil notícias diárias com a AE Broadcast, detém a plataforma Media Lab Estadão e está investindo em empresas digitais como o Moving e Genial Seguros.

Com o término da operação da Rádio Estadão, parte do conteúdo jornalístico produzido pela emissora migra para a Rádio Eldorado (107,3 FM), que passa a ter, em sua grade, programas e conteúdos de notícias.

Fundada em abril de 2011, a rádio foi lançada no mercado com o nome de Estadão ESPN e tinha a proposta de misturar transmissões esportivas com cobertura jornalística, 24 horas por dia. Um ano depois, a Disney, proprietária da ESPN, rompeu a parceria com o Grupo Estado e a emissora seguiu com o nome de Rádio Estadão, tendo na grade conteúdo jornalístico.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • ESPN

  • Grupo Estado

  • Eldorado

  • Estadão

  • Estadão ESPM

  • Grupo Estado

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”