Sky afirma discordar da Simba e promete tirar canais do ar

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Sky afirma discordar da Simba e promete tirar canais do ar

Depois de ter cortado o sinal das emissoras em alguns locais da região Centro-Oeste, operadora diz que não concorda com a cobrança proposta pelas três emissoras abertas

Bárbara Sacchitiello
28 de março de 2017 - 16h55

Marcelo-REDETV

Emissoras estão utilizando o público para tentar ganhar força nas negociações com as operadoras; sócio da RedeTV, Marcelo de Carvalho explica os objetivos da Simba (Crédito: Reprodução)

Depois de uma grande ofensiva promovida pela Simba Content para dizer ao público que as operadoras de TV paga não estão dispostas a negociar com RecordTV, SBT e RedeTV, a Sky decidiu contra-atacar para mostrar que não cederá facilmente na negociação.

Em comunicado, a operadora afirma que o desligamento do sinal dos canais acontecerá “em algumas cidades do estado de São Paulo, a partir de 29 de março, segundo cronograma nacional de digitalização”.

A operadora também afirma que já desligou os sinais das três emissoras em Brasília, Rio Verde e outros municípios de Goiás (regiões que já passaram pelo switch-off do sinal analógico).

No comunicado, a Sky critica a postura da Simba Content. “Apesar de terem uma concessão gratuita, Record, SBT e RedeTV desejam cobrar dos clientes pelo mesmo conteúdo de programação. Essa foi uma decisão unilateral da Simba, empresa que reúne as emissoras em questões. A Sky discorda da cobrança e segue aberta às negociações, tendo como objetivo sempre preservar os direitos e interesses de seus assinantes.

A companhia finaliza o comunicado declarando que, no momento, está dedicada a orientar seus assinantes sobre as formas de continuarem tendo acesso aos canais das três emissoras.

Guerra na TV
Nos últimos dias, a hashtag #QueremosContinuarComVc vem sendo repetida exaustivamente na programação e nos respectivos canais nas redes sociais de SBT, RecordTV e RedeTV.

Sob a bandeira da Simba Content, RecordTV, RedeTV e SBT pleiteiam o pagamento por parte das operadoras pela cessão de seu sinal digital. Por conta da digitalização plena do sistema televisivo, a obrigatoriedade de carregar os sinais abertos dos canais – algo até então vigente na indústria – cai. Com isso, cada emissora aberta deve autorizar diretamente a operadora a incluir seu sinal no cardápio oferecido aos assinantes. Para a Simba Content, no entanto, essa autorização só será dada mediante pagamento pelo conteúdo dos canais.

Procurada, a Simba ainda não respondeu à solicitação da reportagem. Net e OiTV também não deram retorno e a Vivo TV declarou que não irá se posicionar sobre o assunto.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • ClaroTV

  • net

  • RecordTV

  • redetv

  • SBT

  • Simba Content

  • Sky

  • vivoTV

  • digital

  • sinal

  • TV aberta

  • TV Paga

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”