Dança das Contas: Confira as 250 mudanças de 2023

Buscar

Dança das Contas: Confira as 250 mudanças de 2023

Buscar
Publicidade

Comunicação

Dança das Contas: Confira as 250 mudanças de 2023

Monitoramento de Meio & Mensagem mostra estabilidade em relação a anos anteriores e lista as conquistas das principais agências do País, incluindo prospecções, concorrências e entrada de novas marcas, como a chinesa BYD, atendida pela We


17 de janeiro de 2024 - 19h27

A marca chinesa BYD, que entregou sua conta para a We, é um dos novos anunciantes que chegaram ao mercado publicitário brasileiro em 2023

O monitoramento que Meio & Menagem faz há 13 anos das principais danças de contas do mercado publicitário brasileiro contabilizou, em 2023, cerca de 250 transferências de contas entre agências, concorrências, entradas de novas marcas no mercado anunciante e volta à mídia de clientes que estavam ausentes.

O número mostra estabilidade em relação aos 240 movimentos anotados em 2022 e aos 250 reportados em 2020 e 2019, mas é menor que as 290 mudanças registradas em 2021 — o recorde é de 2017, com pouco mais de 300 ocorrências.

O levantamento considera informações prestadas pelas maiores agências do País, checagens feitas pela redação sobre as mais relevantes trocas de parceiras realizadas pelos principais anunciantes do mercado e pesquisas no acervo de Meio & Mensagem.

Não estão contempladas na tabela abaixo as renovações de contratos com clientes já atendidos, mesmo que a manutenção da conta tenha se dado pela vitória da agência em concorrência — como ocorreu, em 2023, com Ogilvy, que manteve a Leroy Merlin, e com a FCB, que ganhou AliExpress em 2022 e venceu nova disputa em 2023 para mantê-la.

O monitoramento considera o ano em que o novo negócio foi registrado pela reportagem de Meio & Mensagem e não o de início oficial do atendimento. Portanto, não constam nesta edição trocas já citadas no Dança das Contas de 2022, mesmo que o relacionamento tenha se iniciado oficialmente em 2023. Por outro lado, pode ter ocorrido a inclusão de conquistas do final de 2022, desde que não tenham sido computadas no levantamento anterior.

A tabela abaixo mostra as agências atuais e as anteriores de cada um dos novos negócios, sendo que, em alguns casos, as parceiras anteriores podem ter deixado de atender antes de 2023. Além disso, não há distinção sobre a natureza do rompimento, se motivado por uma das partes, comum acordo ou nova concorrência. Estão assinalados com asterisco as contas que já tinham trocado de agência em 2022, e fizeram nova mudança em 2023.

Veja, na tabela abaixo, as movimentações de novos negócios de 2023 registradas por Meio & Mensagem:

*Contas que já tinham mudado de agência em 2022.
Fontes: informações prestadas pelas agências, checagens de trocas de parceiras feitas pelos principais anunciantes e pesquisas no acervo de Meio & Mensagem; em alguns casos, as agências anteriores podem ter deixado de atender antes de 2023; e não há distinção sobre a natureza do rompimento, se motivado por uma das partes, comum acordo ou nova concorrência.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Dança das Contas: Takis, Graal, PicPay e mais

    Dança das Contas: Takis, Graal, PicPay e mais

    O Grupo Bimbo escolheu a agência FRI.TO para gerenciar as redes sociais da nova marca de snacks, rede Graal escolhe agência Cacau

  • Publicis Brasil muda comando: Gabriela Borges assume liderança

    Publicis Brasil muda comando: Gabriela Borges assume liderança

    No posto de CEO desde 2019, Eduardo Lorenzi está de saída do grupo, que passou por diversas mudanças nos últimos meses