Acusada de plágio, Bauducco cancela campanha com Duda Beat e Juliette

Buscar

Acusada de plágio, Bauducco cancela campanha com Duda Beat e Juliette

Buscar
Publicidade

Comunicação

Acusada de plágio, Bauducco cancela campanha com Duda Beat e Juliette

Faixa “Magia Amarela”, interpretada pelas cantoras para nova campanha da marca, foi apontada como plágio de AmarElo, do Emicida


18 de outubro de 2023 - 14h59

Nota atualizada às 16h35

Um dos assuntos que tomaram conta das conversas nas redes sociais nesta quarta-feira, 18, diz respeito a uma acusação de plágio dentro de uma campanha publicitária.

Juliette e Duda Beat lançaram na quarta-feira, 17, o single Magia Amarela para a nova campanha de Bauducco criada pela Galeria. Logo após o lançamento, chamou atenção a semelhança com a canção AmarElo, de Emicida, tanto na identidade visual quanto na mensagem.

Evandro Fióti, CEO da Lab Fantasma, se pronunciou em uma live no Instagram dizendo que o conceito de seu trabalho ao lado do irmão, Emicida, foi roubado. Explicou, ainda – sem mencionar nominalmente a Bauducco – que a marca negociou com ambos, mas que não houve acordo em relação ao cronograma, aos prazos e às questões financeiras. “Porque a verba que eles tinham não justificava a entrega que a gente tinha que fazer”.

Em comunicado enviado à reportagem, Bauducco e Galeria afirmam que foram considerados artistas da música brasileira e internacional, mas que a escolha das cantoras Juliette e Duda Beat refletiu o propósito da campanha, pois são duas artistas que já tinham amizade e formam “uma família” com base nos laços de afeto, de afinidade e da arte. “É importante ressaltar que a participação das cantoras se restringiu à interpretação da música-tema, sem vínculo com a criação da campanha”, esclarecem as empresas.

No X (ex-Twitter) Fióti ressaltou, ainda, que não quer hate em cima de Juliette ou de Duda – e que o “jurídico vai trabalhar” no caso de plágio.

Em nota oficial, a assessoria de Juliette esclareceu que a música faz parte de uma campanha publicitária e que a artista foi contratada como uma das intérpretes para o trabalho audiovisual. A empresa afirma que está em contato com os contratantes responsáveis pela criação e produção da campanha para mais esclarecimentos.

Já Duda Beat fez um post, mas o apagou em seguida. Nele, dizia que foi contratada pela Bauducco para atuar como intérprete ao lado de Juliette, e que tanto ela quanto sua equipe reconheceram similaridades entre Magia Amarela e o projeto AmarElo, mas entenderam que havia consentimento por parte dos autores – no caso, Felipe Vassão, um dos autores da música e do projeto AmarElo.

Campanha cancelada

Diante dos desdobramentos, a Bauducco decidiu cancelar a campanha e diz que seguirá dialogando com os artistas envolvidos, “pelos quais manifesta total respeito e admiração”.

No comunicado, Bauducco e Galeria afirmam que Magia Amarela foi criada para fazer parte da campanha  de mesmo nome do anunciante, com objetivo de celebrar o amarelo, icônico e característico da sua identidade visual, presente nas embalagens e comunicações da marca há mais de 30 anos, além de unir conceitos também historicamente propagados, como família, união, encantamento e comunhão.

Quanto à tipografia prevista para os materiais gráficos de divulgação, as empresas afirmam que seria a mesma já utilizada pela marca, tanto nas embalagens como em campanhas anteriores e posts nas redes sociais.

Ouça o single Magia Amarela:

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Ludmilla estreia clipe na TV para divulgar Uber Moto

    Ludmilla estreia clipe na TV para divulgar Uber Moto

    Garota-propaganda da modalidade do aplicativo, cantora é o destaque de campanha criada pela Wieden+Kennedy, que ganhou música própria

  • Como o setor de eventos vê a renovação de programa emergencial?

    Como o setor de eventos vê a renovação de programa emergencial?

    Para líderes de entidades, isenção da tributação até 2026 permitirá que as empresas de live marketing tenham sustentabilidade na continuidade dos negócios