Morre Flavio Machado, CEO da SRCOM

Buscar

Comunicação

Publicidade

Morre Flavio Machado, CEO da SRCOM

Publicitário, que tinha 41 anos, comandava uma das maiores agências de brand experience do País

Teresa Levin
27 de outubro de 2017 - 19h15

Flavio Machado, sócio e CEO da SRCOM (Crédito: Marcelo Tabach)

Flavio Machado, sócio e CEO da SRCOM, faleceu nesta sexta-feira, 27, no Rio de Janeiro. Ele tinha 41 anos e comandava uma das maiores agências de brand experience do País. Nascido na capital carioca, foi vice-presidente da Cerimônias Cariocas 2016, empresa formada pela SRCOM e pela agência italiana Filmmaster, que realizou as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, os Revezamentos das Tochas Olímpica e Paralímpica, a Cerimônia de Boas-Vindas aos atletas e os Live Sites oficiais. Flavio também atuou como produtor executivo das Cerimônias Paralímpicas Rio 2016.

Este ano comandou a primeira mesa sobre brand experience no Cannes Lions, onde falou sobre a importância do storytelling. Ao longo de sua carreira, teve trabalhos emblemáticos, como a realização do Réveillon de Copacabana, entre 2011 e 2017. Também assinou projetos para marcas globais como Google, Motorola, P&G, Nike, Danone e Heineken, além de estar à frente de trabalhos como o Fifa Fan Fest, durante a Copa do Mundo de 2014, e a Jornada Mundial da Juventude. Seu último trabalho foi a ativação da Coca-Cola durante o Rock in Rio 2017, um dos espaços mais concorridos ao longo do evento, que ajudou a marca a ser a mais lembrada entre os patrocinadores do festival.

Sempre teve como missão a busca incessante por criar momentos marcantes na vida das pessoas e deixar boas memórias no público dos eventos que ajudou a produzir, independentemente do tamanho do projeto, defendendo que todos, deveriam sempre emocionar. Ele inspirava-se em uma frase do neurocientista português Antônio Damásio que diz que “não existe memória sem emoção”.

Formado em administração pela COPPEAD/UFRJ e com especializações em branding, seguiu os passos de sua mãe Sheila Roza, fundadora da SRCOM. Dizia ter dois pais: o fotógrafo Rodolpho Machado e o cenógrafo e diretor de megaeventos Abel Gomes. Ele deixa a esposa Anne Lottermann, jornalista da TV Globo, os filhos Gael e Leo, de 4 e 2 anos, e o irmão Marcelo Gomes.

Flavio Machado estava internado no Hospital Sírio Libanês devido a um câncer raro no peritônio, contra o qual lutou ao longo dos últimos sete meses. O velório será realizado neste sábado, 28, a partir das 14h, na capela 8 do Memorial do Carmo (RJ), e cremação às 17h.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Abel Gomes

  • Sheial Roza

  • Ane Loterman

  • Flavio Machado

  • SRCOM

  • Live Marketing

  • Falecimento

  • brand experience

  • Flávio Machado