BK brinca com projeto de ministra em “combo abstinência”

Buscar

Comunicação

Publicidade

BK brinca com projeto de ministra em “combo abstinência”

Rede de fast food vai vender lanche de hamburguer vegetal com batata e refrigerante por R$19,90 para aqueles que querem “os prazeres da carne, mesmo sem a carne”


31 de janeiro de 2020 - 14h05

(Crédito: Divulgação)

O Burger King mais uma vez aproveitou o buzz das redes sociais para promover seus produtos. Nesta sexta-feira, 31, a rede de fast food lançou o “Combo Abstinência”. Até o final de fevereiro, a companhia vai vender o Rebel Whooper, lanche da marca feito com hambúrguer à base de plantas, com batata-frita e refrigerante refil por R$19,90 (um desconto de R$ 10 na comparação com o preço original do combo).

Com o mote “Os prazeres da carne, mesmo sem a carne”, a campanha criada pela David explora o tema da abstinência, que ganhou força nas redes sociais após a proposta da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, de uma política de abstinência sexual para os jovens brasileiros.

O tema repercutiu na mídia e gerou discussão na internet, chegandtrending o aos trending topics, do Twitter. O Burger King, por sua vez, aproveitou a polêmica para falar com o público que não abre mão do sabor da carne, mas não quer consumir a proteína animal. A campanha conta com filme e posts para as redes sociais.

*Crédito da foto no topo: Reprodução 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • damares alves

  • Twitter

  • Burger King

  • Redes Sociais

  • Polêmica

  • fast food

  • trending topics

  • carne vegetal

  • rebel whoop

  • abstinência

  • abstinência sexual

  • combo abstinência

  • proteína animal

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”