Tesla nas alturas e a queda da Xerox: os destaques da Fortune

Buscar

Marketing

Publicidade

Tesla nas alturas e a queda da Xerox: os destaques da Fortune

A revista anunciou sua 64ª lista anual que reúne as 500 maiores empresas dos EUA responsáveis por movimentar US$ 12,8 trilhões em 2017

Luiz Gustavo Pacete
21 de maio de 2018 - 13h32

A Fortune divulgou na manhã desta segunda-feira, 21, sua 64ª lista anual com as 500 maiores empresas dos Estados Unidos. De acordo com a revista, elas foram responsáveis por movimentar US$ 12,8 trilhões em receitas no ano passado, o equivalente a 2/3 do PIB dos Estados Unidos.

O Walmart lidera o grupo em receita pelo sexto ano consecutivo. Já a Apple é a empresa mais valiosa e lucrativa da lista com US$ 850 bilhões em valor de mercado e US$ 48 bilhões em lucros. A Amazon é, segundo a Fortune, a concorrente mais temida na lista e quebrou pela primeira vez o top 10, chegando ao número 8.

A GE caiu cinco posições para a 18ª posição, sua classificação mais baixa na lista. A Tesla deu o maior salto na lista deste ano, subindo 123 posições para o número 260. Já a Xerox deu o maior mergulho, derrubando 129 pontos para 291. Há 53 empresas que estão na lista todos os anos desde o início, em 1955, incluindo GE, GM, Chevron e Exxon Mobil.

Apenas 24 empresas na lista são chefiadas por mulheres – cuja ascensão aos pontos mais altos dos negócios nos Estados Unidos ficou estagnada.

As quatro empresas mais valiosas da lista são todas as empresas de tecnologia – Apple, Alphabet, Microsoft e Amazon. A Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, ficou em quinto lugar; Facebook foi o sexto.

Publicidade

Compartilhe