Brasileirão é 10º em ranking de receita em dias de jogo

Buscar

Marketing

Publicidade

Brasileirão é 10º em ranking de receita em dias de jogo

Estudo da Sports Value aponta ligas norte-americanas MLB, NFL, NHL e NBA com as maiores arrecadações

Fernando Murad
1 de março de 2019 - 19h11

Palmeiras é o segundo time brasileiro em termos de arrecadação com matchday (crédito: divulgação)

As grandes ligas esportivas dos Estados Unidos – MLB (baseball), NFL (futebol americano), NHL (hóquei) e NBA (basquete) – lideram o ranking global de faturamento com matchday, dinheiro que cada time movimenta com seu estádio. O estudo foi elaborado pela Sports Value, especializada em marketing esportivo, branding e patrocínios, e analisou os dados financeiros e estatísticas de público nos jogos dos times e de cada uma das 20 maiores ligas esportivas do mundo.

A receita global de arenas, estádios e complexos esportivos supera US$ 50 bilhões anuais. O mercado norte-americano é o maior, representando mais de 51% do volume, seguido da Europa com 34%. O restante do planeta fica com apenas 15%. Mercado brasileiro de clubes de futebol movimentou em 2017, US$ 250 milhões com seus estádios, apenas 0,5% do volume global. A Série A do Brasileirão é décima liga com maior faturamento, e a sexta levando-se em conta apenas as de futebol.

Embora a taxa de ocupação dos estádios brasileiros tenha passado de 18%, em 2003, para 43%, o percentual ainda é baixo. “Apresentamos a menor taxa de ocupação, portanto com muito espaço para crescer em novas receitas. Com um esforço para lotar os jogos, o mercado brasileiro poderia estar entre as três maiores receitas de matchday do futebol mundial. Se apresentássemos o mesmo índice de ocupação das grandes ligas, poderíamos faturar US$ 500 milhões anuais com nossos estádios”, projeta Amir Somoggi, sócio diretor da Sports Value.

 

Publicidade

Compartilhe