Marcas se unem para ajudar caminhoneiros

Buscar

Marketing

Publicidade

Marcas se unem para ajudar caminhoneiros

Projeto capitaneado pela Copagaz e apoiado por outras marcas pretende doar mais de 10 mil refeições em rodovias de São Paulo

Renato Rogenski
18 de maio de 2020 - 14h13

Na Rodovia Castelo Branco, os motoristas não precisam descer do caminhão para receber as refeições (Crédito: divulgação)

Em uma iniciativa para ajudar caminhoneiros, que tem enfrentando dificuldades para encontrar estabelecimentos abertos e fazer as suas refeições durante este período de pandemia, a Copagaz criou a Gaztronomia, uma rede de apoio com a colaboração de funcionários da empresa e que ganhou a adesão de outras marcas. Até o próximo dia 5 de junho, a ideia é doar mais 10 mil marmitas nas rodovias Anchieta e Castelo Branco.

Na Rodovia Anchieta, a ação vai até o dia 23 de maio com a doação de 200 refeições por dia. Ao passar pela base de apoio, o motorista recebe auxílio de higienização e passa por uma triagem com medição de temperatura e verificação de sintomas para poder pegar sua refeição em segurança. Por lá, a iniciativa conta com a parceria da Jasmine, Natura, Scania e ZEG, além do Policiamento Rodoviário e todo o apoio da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

No ponto da Castelo Branco, outro local estratégico na rota dos transportes de carga, o caminhoneiro recebe higienização dentro do próprio caminhão, e os colaboradores entregam a refeição sem que o motorista desça do veículo. Segundo a Copagaz, todas as marmitas são produzidas por pequenos restaurantes locais, para apoiar o microempreendedor. O público também pode se engajar e ampliar o número de marmitas doadas, pelo iFood, na área de doação. Na Rodovia Castelo Branco, a ação se uniu a iniciativa “Todos à Mesa”, do iFood, que também tem o apoio de Coca-Cola e Unilever (Hellmann’s)

“O Gaztronomia é muito mais do que distribuição de refeições. É uma corrente para não deixar o essencial parar. Para isso, soma a energia da Copagaz e de outras empresas. O impacto positivo é para toda a sociedade”, afirma Pedro Zahran Turqueto, diretor de desenvolvimento e gestão da Copagaz.

Crédito da imagem de topo: vetor/ Istock

Publicidade

Compartilhe