Santander faz caixa eletrônico virar espaço artístico

Buscar

Marketing

Publicidade

Santander faz caixa eletrônico virar espaço artístico

Iniciativa é a primeira “Caixa Eletrônico Parade” do banco no mundo


26 de janeiro de 2021 - 12h11

Intervenção de Marcelo Tinoco (Crédito: Divulgação)

Aproveitando o aniversário dos 467 anos de São Paulo, celebrados na segunda-feira, 25, o Santander iniciou nessa data uma exposição de arte contemporânea que vai até 23 de março. O inusitado da ação é o local onde a mostra será exibida: 90 caixas eletrônicos distribuídos pelo estado de São Paulo.

Trata-se, segundo o banco, da primeira Caixa Eletrônico Parade do mundo. E as intervenções foram feitas por 30 artistas convidados, entre os quais Alê Jordão, Camille Kacchani, Dablio Black, Daniel Melim, Jessica Mein e Mariana Martins.

O curador da iniciativa é Carlos Trevi, coordenador do Farol Santander São Paulo, Porto Alegre e da Coleção Santander Brasil. O projeto é da Suno, com execução da Madai.

Obra da artista Erica Mizutai (Crédito: Divulgação)

“Nos inspiramos nos melhores exemplos de intervenções culturais urbanas que existem hoje no mundo, levando em conta que, para nós, o mundo financeiro e o das artes sempre estiveram juntos”, comentou em nota Igor Puga, diretor de Marca e Marketing do Santander Brasil.

As obras estão em diferentes regiões da região metropolitana de São Paulo e, exceto o respeito a questões de segurança do serviço, os artistas tiveram liberdade total para soltar a criatividade.

Cada caixa eletrônico tem um QR Code que apresenta nome do artista, da obra e o tema escolhido.

Publicidade

Compartilhe