Anitta, Lu e Boninho: as estratégias do Magalu para a Black Friday

Buscar

Marketing

Publicidade

Anitta, Lu e Boninho: as estratégias do Magalu para a Black Friday

Black das Blacks pretende reforçar o ecossistema da empresa ao consumidor e terá o SuperApp Magalu como plataforma de sustentação das ativações

Giovana Oréfice
9 de novembro de 2021 - 8h04

Sob o mote “Agora ou nunca”, o Magalu aquece os motores para o show “Black das Blacks”, evento idealizado pela Ogilvy Brasil e que ocorre pelo terceiro ano consecutivo.

 

(Crédito: Reprodução/Magalu)

A transmissão acontecerá no dia 25 de novembro nas plataformas digitais e canal pago, e tem como parceira a Globo, com produção dirigida por Boninho, diretor de gênero de variedades da emissora. Luciano Huck e a cantora Anitta estarão no comando da live, que terá duração de duas horas e meia. 

A principal plataforma de sustentação deste ano será o SuperApp Magalu, que reforça posicionamento digital da varejista e reúne as principais ofertas que antecipam os descontos oficiais da Black Friday. O aplicativo terá inserções por meio de efeitos visuais e sonoros no palco. 

“O show faz parte de um dos momentos da nossa campanha de Black Friday do Magalu, que dura o mês inteiro. Temos uma mecânica promocional até o dia da Black Friday que chamamos de ‘Agora ou Nunca’ — são ofertas que garantimos que não estarão mais baratas na data”, aponta Bernardo Cupertino, diretor de marketing do Magalu. O portfólio de produtos com descontos é amplo e inclui cerca de 40 milhões  de itens, entre eletroeletrônicos, vestuário e produtos de supermercado, por exemplo. As ofertas serão introduzidas por Tiago Abravanel e Dandara Mariana. 

Além de Anitta, o show terá atrações de grandes nomes da música brasileira, como Luísa Sonza, Gaby Amarantos, Jorge & Mateus, Zé Vaqueiro, Gloria Groove e Léo Santana. “É uma edição que estamos considerando ser a mais grandiosa que já fizemos. Junto com a transmissão no Multishow, teremos todas as nossas redes — no TikTok pela primeira vez”, comenta Bernardo. No canal pago, o show tem início às 22h e contará, ainda, com entradas ao vivo ao longo do The Voice Brasil, na Globo. 

De acordo com o diretor de marketing, a evolução da ação de 2019 até agora se dá não só do ponto de vista do conteúdo de ofertas, mas também das atrações do próprio show. A primeira aparição da Lu, a persona virtual da marca, aconteceu no ano passado e, na edição de 2021, o executivo promete que haverá mais interações com ela. “São momentos que nós entendemos que chamam mais atenção do público e geram mais conversa”, justifica. Uma das novidades que integram o evento é em relação à moda. A Vista Magalu é a mais nova linha, que terá ativações específicas durante a Black das Blacks. 

Alguns dos destaques recentes das movimentações da companhia são as aquisições de marcas de diversos segmentos, como ocorreu com o Steal the Look, CanalTech e Jovem Nerd. “Nesse ano, especificamente, temos uma missão muito robusta de mostrar e de contar para o cliente final sobre o que é o ecossistema Magalu e tudo o que faz parte dele. Estamos preparando um show que mostra, de forma fluida, todas as marcas participantes dele”, conta Bernardo. Segundo o executivo, serão feitas conexões entre o tema dos veículos e os produtos do Magalu.

Multicanalidade como missão

“A ideia é chamar atenção para a data, dar suporte e fazer um momento de compra como uma experiência divertida em que o cliente assistirá ao show da Anitta em que um desfile paralelo estará acontecendo, ele verá um look pelo qual se interessa e utilizará o SuperApp como segunda tela”, exemplifica o diretor ao comentar sobre o recurso de live shopping, no radar da empresa desde 2019. O recurso contará com o suporte online de vendedores para auxiliar consumidores que não tenham tanta segurança em comprar online.    

Um ponto ressaltado pelo executivo foi que a multicanalidade esteve presente no Magalu desde sua fundação, muito enraizada na cultura da marca. “O show é apenas uma das ativações da nossa campanha de Black Friday. A campanha é multicanal. O ‘Agora ou Nunca’ é uma mecânica que vale tanto para a loja física quanto para o e-commerce, então fazemos tudo muito bem integrado”, diz. A empresa se mostra otimista com a retomada, possibilitada pelo avanço da vacinação no País. O Magalu realiza, anualmente, um evento destinado a uma base de clientes fiéis e que ocorreu no último final de semana — e registrou lojas cheias. “Isso tudo traz uma expectativa de que, sim, a data será de crescimento em relação ao ano anterior de uma maneira geral, tanto do mundo físico, quanto o digital.

“Nossa estratégia é muito simples. O Magalu tem a missão de digitalizar o varejo brasileiro, de ser, de fato, um super app. Todas as nossas movimentações e aquisições, lançamentos de novas categorias, estão muito atreladas a essa estratégia”, endossa Bernardo, ao comentar sobre os planos a longo prazo para preparar os consumidores para a data.

*Crédito da imagem de topo: audioundwerbung/iStock

Publicidade

Compartilhe