Brasileiro cria o DarkFlix, streaming de filmes de terror

Buscar

Mídia

Publicidade

Brasileiro cria o DarkFlix, streaming de filmes de terror

"Locadoras inspiraram plataformas", afirma Ernani Silva, fundador da DarkFlix, serviço que terá filmes, séries e quadrinhos do gênero

Thaís Monteiro
6 de maio de 2019 - 6h00

Se não bastassem os novos streamings recém-anunciados, como os da Disney e Paramount, um novo serviço será lançado este ano prometendo entregar filmes e séries do gênero fantástico: horror, ficção científica, fantasia, mistério e suspense. O projeto é criação de Ernani Silva, empresário brasileiro que teve uma trajetória no mercado de distribuição de filmes e foi dono de uma rede de locadoras. Em maio, por meio da DRK Entretenimento, ele lança o aplicativo DarkFlix, cuja proposta é agregar uma TV com programação 24h, streaming e banca online de HQs do gênero.

 

A atriz Bridget Hoffman em cena de Uma Noite Aluncinante (Crédito: Reprodução)

A princípio, o app será lançado este mês com a programação 24h, gratuitamente. Posteriormente, a empresa disponibilizará o streaming, via assinatura mensal de R$ 9,90. O VOD estreia com um catálogo de 666 filmes e 333 episódios de séries e novas produções serão adicionadas com frequência: um filme por dia e uma série por semana nos primeiros três meses. “Acho que as locadoras serviram de inspiração para todos os projetos de streaming. Nosso sonho na época como distribuidores era conseguir fazer chegar ao mesmo tempo em todas as partes do País os títulos que lançávamos”, diz Ernani. Por fim, a plataforma de quadrinhos sob demanda também será gratuita, mas não tem previsão de lançamento.

O empresário visa criar um acervo de clássicos e produções independentes de cinema e TV, incluindo produções com pouca visibilidade nos concorrentes. Inclui títulos como Uma Noite Alucinante: A Morte do Demônio, Vampiras: As Filhas De Drácula, Godzilla e outros. “Não me baseei em nenhum serviço. Apenas quis segmentar para tentar oferecer um serviço que fosse de alguma forma uma continuação dos meus projetos de revistas de gêneros”, declara Ernani.

O projeto começou em 2017, mas em 2018 o empresário começou a buscar investimentos. Hoje, o DarkFlix conta com dois outros sócios e aporte de US$ 1 milhão. O plano é ter também patrocínios e, futuramente, produzir séries, filmes e quadrinhos originais.

**Crédito da imagem no topo: Divulgação/DRK Entretenimento

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • streaming

  • aplicativo

  • TV

  • quadrinhos

  • Terror

  • fantasia

  • HQs

  • Ernani Silva

  • DarkFlix

  • mistério

  • suspense

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”